Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.446,54
    +614,81 (+2,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

RG Digital | Carteira de Identidade Nacional começa a ser emitida hoje no RS

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Começou nesta terça-feira (26) a emissão do novo modelo de carteira de identidade no Brasil. Chamada Carteira de Identidade Nacional (CIN), o "novo RG Digital" foi disponibilizado primeiramente para moradores do Rio Grande do Sul (RS). Acre, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais e Paraná serão os próximos estados a receberem a novidade, porém ainda sem data marcada.

A CIN será disponibilizada exclusivamente para quem deseja fazer a primeira emissão do documento. É necessário apresentar o número do CPF para produzir o documento, portanto quem estiver com dados desatualizados ou incorretos no cadastro precisarão regularizar tudo primeiramente.

O documento terá informações físicas e digitais para unificar dados, além de combater fraudes (Imagem: Reprodução/Governo do Brasil)
O documento terá informações físicas e digitais para unificar dados, além de combater fraudes (Imagem: Reprodução/Governo do Brasil)

Se a pessoa não quiser arrumar as inconsistências do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) deverá confeccionar a carteira de identidade no modelo antigo. A atualização é necessária porque o documento renovado vai conter todos os dados do CPF e passará a ser único para todo o país.

Qual a diferença do novo RG para o antigo?

A numeração vai centralizar tudo e será uma só em qualquer unidade da federação, sem a necessidade de indicar o órgão emissor e a UF correspondente. Por outro lado, ela não substituirá outros documentos como a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), que continuará a ser emitida normalmente pelo Detran.

Haverá validação biométrica e biográfica antes da emissão para evitar fraudes, além de autenticação via QR Code. Estes são os dados presentes na CIN:

  1. Armas da República Federativa do Brasil, a inscrição "República Federativa do Brasil" e a inscrição "Governo Federal";

  2. Identificação do ente federativo que expediu;

  3. Identificação do órgão expedidor;

  4. Número do registro geral nacional;

  5. Nome, a filiação, o sexo, a nacionalidade, o local e a data de nascimento do titular;

  6. Número único da matrícula de nascimento ou de casamento do titular ou, se não houver, de forma resumida, a comarca, o cartório, o livro, a folha e o número do registro de nascimento ou casamento;

  7. Fotografia, em proporção que observe o formato 3x4 cm, de acordo com o padrão da Organização Internacional da Aviação Civil (OACI), a assinatura e a impressão digital do polegar direito do titular;

  8. Assinatura do dirigente do órgão expedidor;

  9. Expressão "Válida em todo o território nacional";

  10. Data de validade, o local e a data de expedição do documento;

  11. Código de barras bidimensional no padrão QR Code;

  12. Zona de leitura mecânica, de acordo com o padrão estabelecido pela OACI.

Segundo o governo, a CIN será aceita como documento único para viagens em países do Mercosul, como já ocorria com o RG. A diferença é que o documento novo seguirá um padrão internacional, o que abrirá espaço para a aceitação também por outras nações futuramente.

Como solicitar a nova identidade?

Residentes em Porto Alegre (RS) poderão fazer a emissão gratuita no Posto de Identificação do Instituto-Geral de Perícias (IGP), na Avenida Azenha, número 255. O local atenderá por ordem de chegada, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Futuramente, as secretarias de Segurança Pública dos estados e do DF ficarão responsáveis pela produção do RG renovado. O prazo para os institutos de identificação se adequarem à norma é 3 de março de 2023, portanto pode ser que o modelo ainda demore para chegar em algumas localidades.

A CIN deve substituir o atual RG em definitivo em até 10 anos para os portadores com menos de 60 anos. Quem for mais velho, poderá usar o documento antigo por prazo indeterminado.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos