Mercado fechado

Revista Caras agora é operadora de telefonia celular

Rubens Eishima

Okay, okay! Depois do Banco Inter, agora a revista Caras tem uma operadora de celular para chamar de sua. A publicação lançou o Caras Chip, mais uma opção de operadora de telefonia móvel no Brasil.

Antes que você se pergunte se a revista vai sair erguendo torres com antena de celular, saiba que a empresa é uma MVNO (operadora de rede móvel virtual, em tradução direta da sigla em inglês). Popular na Europa e Estados Unidos, a prática ainda não pegou no Brasil, apesar de algumas tentativas.

Apresentada como "a operadora oficial da maior revista de celebridades do país", o Caras Chip é oferecido e operado pela Surf Telecom, a mesma empresa responsável pela Intercel, do Banco Inter, e pela operadora Correios Celular. Por sinal, os planos oferecidos pela Caras são os mesmos disponibilizados pelas duas coirmãs.

Planos da Caras (topo) são os mesmos oferecidos pelas operadoras Correios Celular (centro) e de clubes como o Vasco da Gama (rodapé) (imagem: Rubens Eishima/Canaltech) 

A Surf Telecom tem acordo de uso das antenas da TIM e Oi, oferecendo, na teoria, a mesma cobertura das duas operadoras tradicionais. Operadoras virtuais de alguns clubes brasileiros também utilizam a mesma estrutura da Surf, chegando até a compartilhar o estilo do site usado pela Caras Chip — são elas:

  • Alô Leão – Fortaleza (CE)
  • Chipeixão – Santos (SP)
  • Chip do Vascão – Vasco (RJ)
  • Cruzeiro Celular – Cruzeiro (MG)
  • Esquadrão Celular - Bahia (BA)
  • Flu Mobile – Fluminense (RJ)
  • SPFC Chip – São Paulo (SP)
  • Sport Cel – Sport (PE)
  • Vozão Phone – Ceará (CE)

Mercado instável

A Surf opera ainda a Mais, herdeira da finada operadora virtual vinculada à Assembleia de Deus, a Mais AD. A MVNO da igreja teve a parceria com a Vivo interrompida no começo de 2020.

Outra operadora virtual que não emplacou no país foi a Porto Seguro Conecta, voltada para um público do pós-pago e encerrada em 2018. A MVNO da seguradora Porto oferecia diferenciais como assistente de configuração, aparelho reserva e até a opção para que um motoboy buscasse o celular do cliente que o esquecesse em casa.


Fonte: Canaltech