Mercado abrirá em 2 h 6 min

Review Logitech G335 | Um headset gamer perfeito para seus jogos favoritos

·8 minuto de leitura

O G335, da Logitech, é um headset recentemente lançado pela marca e voltado especificamente para os gamers de plantão. Com design bem colorido, além de super leve e muito confortável, entra no mercado como uma opção a mais para se considerar na procura por esse tipo de produto.

Sua proposta não é nova e nem oferece uma revolução em comunicações, portabilidade e outros quesitos que marcam muito bem os excelentes fones produzidos pela Logitech. A ideia presente aqui é equilibrar o “estilo” com a funcionalidade, algo importante para equipamentos pensados para “aparecer” em primeiro plano quando jogamos com os amigos (ou público) com câmeras abertas para uma sessão em grupo de games e/ou streaming.

Com drivers de 40 mm, microfone “flip to mute” e disponibilidade de ser conectado com diversos dispositivos, esse headset pode ser o que você estava procurando. Pude testá-lo por dois dias direto e trago a minha opinião e experiência pessoal sobre ele. Confira na nossa análise.

(Imagem: Ivo/Canaltech)
(Imagem: Ivo/Canaltech)

Prós

  • Grande variedade de cores;

  • Som de boa qualidade;

  • Leve e confortável.

Contras

  • Preço um pouco elevado.

Confira o preço atual do Logitech G335

Design e Construção

O Logitech G335 tem diversas cores disponíveis para os mais variados estilos: preto, verde com azul e branco com azul. O acabamento do corpo do fone é feito em plástico liso que, apesar do aspecto simples, entrega boa resistência e maleabilidade no uso.

Inclusive, devo dizer que uma das partes que mais me impressionou no G335 foi o altíssimo nível de conforto enquanto eu o usei. Apesar de não possuir um regulador de altura nas laterais, a tira em tecido garante ajuste adequado e agradável, o que considero ponto muito positivo. Ele também é muito leve, e suas espumas são bem macias, transformando a experiência da utilização satisfatória em todos os sentidos.

Num primeiro momento a impressão é que o G335 não irá adaptar-se ao usuário, afinal a aparência “fixa” do headset lembra produtos no melhor estilo “tamanho único”. Posso afirmar que essa impressão descreve mal a experiência de uso do produto.

Após uma sessão ininterrupta de uso deste Logitech, pude notar que realmente há um encaixe correto por parte do tecido maleável que ajusta o arco do fone à cabeça, algo que não é óbvio no primeiro momento quando ajustamos o headset. Ocorre uma espécie de “estranhamento”, quase avisando sobre o quanto as próximas horas podem ser desajeitadas utilizando o produto.

(Imagem: Ivo/Canaltech)
(Imagem: Ivo/Canaltech)

Em menos de um minuto, essa impressão passa, deixando claro que é questão de hábito para entender que o fone entrega um ajuste confortável sem utilizar qualquer modificação do tamanho. Tudo depende do “modo de vestir” aplicado pelo usuário sobre a peça. Fora do comum, porém nada problemático ou desagradável.

O microfone, apesar de não destacável, conta com a função “flip to mute”, que coloca o microfone no mudo assim que ele é levantado. A Logitech colocou o controle de volume no corpo do próprio G335, garantindo um local mais seguro e menos suscetível a possíveis “acidentes”, comuns quando esse mesmo controle fica localizado no fio do fone.

A conexão é do tipo P2 (3,5 mm) e é compatível com diversos tipos de plataformas: computador, consoles e dispositivos móveis. Lembrando que, para os usuários de PC, existe um cabo divisor, tornando possível a conexão separada das funções do fone e microfone.

Por fim, o fio utilizado é de plástico liso e maleável, mas com aspecto frágil. Logo, vale o usuário ter um pouco mais de cuidado para que ele não o quebre durante o uso.

(Imagem: Ivo/Canaltech)
(Imagem: Ivo/Canaltech)

Qualidade de Som

Pude utilizar o G335 durante dois dias direto, e posso afirmar que o som, apesar de bom, tem pontos a serem melhorados. Ao ouvir músicas, pude perceber que os sons graves do fone não são tão complexos, oferecendo qualidade mediana. Apesar de contar com drivers de 40 mm em sua construção, sinto que poderia melhorar nesse aspecto.

Os sons de alta frequência são reproduzidos com qualidade satisfatória, principalmente ao ouvir músicas. Mesmo aumentando o volume ao máximo, não notei nenhum tipo de distorção ou perda das características sonoras no que eu estava ouvindo. As vozes também são reproduzidas de forma cristalina, garantindo que os filmes, vídeos ou podcasts devam soar de maneira adequada.

Também testei ele em jogos, principalmente para verificar se o efeito de surrounding funcionaria adequadamente, e sim, consegui diferenciar e localizar inimigos e objetivos ao redor, indo gradativamente da esquerda para direita sem nenhum problema.

Já o microfone é “ok” no geral. Você vai conseguir usar para se comunicar com seus amigos enquanto joga ou bate um papo descompromissado sem problemas, mas caso queira utilizar para alguma gravação mais profissional vai perceber que o G335 fica devendo em alguns quesitos. Uma nota importante: o padrão de captação sonora deste microfone é do tipo cardióide (unidirecional, voltado para o usuário).

(Imagem: Ivo/Canaltech)
(Imagem: Ivo/Canaltech)

Desempenho em Jogos

Como dito anteriormente, o desempenho do Logitech G335 para jogos é realmente excelente. Joguei Call of Duty: Warzone por algumas horas e pude comprovar sua usabilidade nessa situação.

Quem costuma jogar games do tipo FPS sabe a importância de escutar tudo o que ocorre a sua volta. É através do som que podemos perceber se existe algum inimigo andando pelas redondezas, se está próximo ou mais afastado, ou até mesmo descobrir o lado em que o outro player está posicionado. Devo dizer, inclusive, que só consegui algumas kills em uma das partidas justamente por esse motivo. Estava suficientemente distraída enquanto “looteava” itens quando percebi a aproximação.

O áudio também ficou bem fiel e nítido nos mais diversos tipos de ambiente em que eu me encontrava no mapa. Dava para perceber a diferença clara no som entre pisar na grama e em um piso normal, por exemplo. Em situações em que o ambiente que eu estava era mais fechado, o barulho de tiro era mais “seco”, evidenciando exatamente o local que eu me encontrava.

Quando precisei trocar tiros no campo aberto (ou escutei inimigos se encontrando nesses locais), também foi possível distinguir exatamente onde eles estavam. Claramente, uma vantagem bastante competitiva.

(Imagem: Ivo/Canaltech)
(Imagem: Ivo/Canaltech)

Já nas partidas de Dota 2, percebi o equilíbrio que o fone entregava entre a voz e o som do game, mesmo em momentos mais complicados. Quem já jogou esse estilo de jogo sabe a necessidade de precisar ser ouvido, ao mesmo tempo que ouvir também é importante e essencial para a vitória.

Diferentemente de jogos FPS, em que os sons do entorno são muito importantes e essenciais, em jogos de estratégia, a comunicação e coordenação entre o time é o principal diferencial para que tudo ocorra como deve: sendo vitorioso no final.

O Logitech G335 é um headset voltado, especificamente, para quem é gamer. Se você é um jogador competitivo e que valoriza o desempenho nas suas partidas, com certeza gostará do que ele tem a oferecer.

Ficha Técnica

  • Comprimento: 189 mm;

  • Largura: 180 mm;

  • Profundidade: 79 mm;

  • Peso: 240 gramas, incluindo o cabo;

  • Entrada de áudio 3,5 mm;

  • Driver: 40 mm;

  • Resposta de frequência: 20 Hz – 20 kHz;

  • Impedância: 36 Ohms de sensibilidade (87,5 dB);

  • Microfone tipo braço giratório;

  • Padrão de captação do microfone: cardioide (unidirecional);

  • Resposta de frequência: 100 Hz – 100 KHz.

Concorrentes Diretos

Levando em consideração as características do Logitech G335, os headsets HyperX Cloud Core e o Razer Kraken V3 X USB podem ser considerados seus principais concorrentes.

Começando pelo Cloud Core, esse é um headset voltado diretamente para os gamers de plantão, assim como o G335. Sua construção em plástico liso é bastante semelhante ao Logitech no geral. A principal diferença entre os modelos é o fato do HyperX contar com drivers dinâmicos de 53 mm, feitos em magnetos de neodímio, o que garante maior qualidade nos sons reproduzidos pelo fone.

O microfone é do tipo condensador eletreto, entregando qualidade superior em relação ao G335. Ambos os modelos possuem entrada de áudio de 3,5 mm, tendo compatibilidade garantida em diversos dispositivos.

O Razer Kraken V3 possui conexão USB, diferente dos outros dois headsets anteriores. Construído com drivers de 40 mm, possui qualidade de som bastante semelhante ao G335, além de ser bastante leve, pesando 285 gramas.

O áudio espacial de 7.1 canais (simulado) também entrega maior imersão dentro dos games. Por fim, o microfone cardioide com a tecnologia HyperClear, da Razer, faz com que a comunicação com os amigos e parceiros de jogos seja feita de forma cristalina.

O preço desses modelos estão na faixa entre R$ 500 (Razer Kraken V3) a R$ 600 (Logitech G335 e HyperX Cloud Core), aproximadamente.

Conclusão

O Logitech G335 provou ser um bom produto para quem está procurando um headset gamer. Apesar de seu desempenho para músicas não ser o dos melhores, seu som em jogos favorece bastante o gameplay no geral.

A construção, apesar de simples, não parece quebrar com facilidade. Cheguei a esticá-lo em seu maior tamanho e posso afirmar que desconforto, com certeza, não será nenhum problema enquanto estiver sendo utilizado.

(Imagem: Ivo/Canaltech)
(Imagem: Ivo/Canaltech)

O único ponto que não favorece muito o produto é o seu preço, já que seus R$ 600 (aproximadamente) acabam tornando a experiência um pouco mais cara do que deveria custar. De resto, o G335 promete ser um bom companheiro para longas horas de jogatina com os amigos.

E aí, gostou do Logitech G335? Então acesse o link abaixo e confira a oferta especial que reservamos para você!

Ou, se preferir, confira os preços dos outros fones citados na análise:

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos