Mercado fechará em 5 h 29 min
  • BOVESPA

    112.500,15
    +2.250,42 (+2,04%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.395,20
    +567,07 (+1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,86
    +1,37 (+1,94%)
     
  • OURO

    1.777,40
    -0,80 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    42.530,97
    -163,50 (-0,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.060,40
    +19,92 (+1,91%)
     
  • S&P500

    4.392,96
    +38,77 (+0,89%)
     
  • DOW JONES

    34.279,67
    +359,83 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.078,73
    +97,75 (+1,40%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.109,00
    +85,00 (+0,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1949
    +0,0158 (+0,26%)
     

Review Logitech Ergo M575 | Opção ergonômica barata, mas sem extras

·8 minuto de leitura

Mouse ergonômico pode ser um investimento crucial para garantir sua saúde. Desenvolvidos para evitar problemas como lesão por esforço repetitivo (LER), tendinite e afins, esses periféricos não costumam ter preço baixo. Felizmente, há algumas opções mais acessíveis, como o Logitech Ergo M575.

O dispositivo é bastante diferente dos mouses tradicionais, com uma bola na parte superior para controlar o cursor. O movimento é feito com o seu polegar, e portanto o periférico fica fixo em uma bancada, o que já torna fácil o seu uso em espaços apertados. A ideia é evitar a fadiga de músculos do braço e das mãos, oferecendo maior conforto ao usuário.

Além disso, ele traz alguns botões extras para avançar ou voltar a navegação, que podem ser personalizados com outras ações. Também se conecta a computadores sem necessidade de fios, via Bluetooth ou com um receptor USB.

Eu testei o Ergo M575 da Logitech por alguns dias e conto minha experiência nos próximos parágrafos.

Prós

  • Duas opções de conectividade sem fio;

  • Botões personalizáveis;

  • Mouse fixo, pode ser utilizado em espaços pequenos;

Contras

  • Uso apenas com a mão direita;

  • Não tem bateria, precisa de pilha;

  • Dificuldade em realizar movimentos precisos.

Confira o preço atual do Logitech Ergo M575

Design, Construção e Conectividade

Bola na parte superior é controlada com seu polegar (Imagem: Ivo/Canaltech)
Bola na parte superior é controlada com seu polegar (Imagem: Ivo/Canaltech)

O Ergo M575 é uma espécie de versão menor do MX Ergo, também da Logitech. O visual é parecido, com alguns detalhes que os diferenciam, como os botões de avançar e voltar no topo (entre a bola e os botões de controle) saltados, destacando-se do restante do produto. Ele possui uma leve inclinação fixa, que deixa a pegada mais confortável. Além disso, o acabamento é todo em plástico, com pequenas marcações para evitar que a mão escorregue.

Assim como no MX Ergo, a trackball fica no lado esquerdo, controlada pelo seu polegar, enquanto os outros botões ficam todos no lado direito. O Ergo M575 possui, além dos botões esquerdo e direito, os de avançar e voltar e uma roda de rolagem clicável. Na parte de baixo, você encontra um interruptor para ligar e desligar o mouse e um botão para o pareamento. Há também uma tampa para a pilha e o conector USB sem fio.

É um mouse mais simples que o MX Ergo, cuja proposta é oferecer ergonomia similar a preço mais acessível. A bola de controle do cursor pode ser removida facilmente ao pressionar uma tampa de caneta na parte de baixo, ação necessária apenas para fazer a higienização do produto.

Ou seja, o Logitech Ergo M575 é um mouse fixo, cujo controle é feito por uma trackball na parte de cima — e não embaixo, como nos produtos dos primórdios da computação pessoal. Se você não estiver familiarizado com um trackpad ou algo do tipo, talvez não seja o periférico mais recomendado. Caso contrário, podem ser necessários alguns dias até que você se acostume a este novo método de controlar o cursor na tela do computador.

Mouse da Logitech funciona sem fios (Imagem: Ivo/Canaltech)
Mouse da Logitech funciona sem fios (Imagem: Ivo/Canaltech)

A principal vantagem aqui é que você não precisa movimentar o braço para mover o ponteiro do mouse. Isso ajuda não apenas a reduzir a fadiga da mão e do membro, como também faz com que seja perfeito para mesas e escrivaninhas com pouco espaço.

Uma observação importante: este modelo serve apenas para uso com a mão direita. Se você faz questão de usar com a esquerda, deve procurar um mouse ambidestro ou uma versão para canhotos, que infelizmente não é muito fácil de encontrar.

Como conectar

São duas opções para conectar o mouse Ergo M575 em seu computador ou tablet, ambas sem a necessidade de cabo. A mais simples é com um receptor USB que vem na caixa, pois basta inseri-lo em qualquer entrada USB do computador, ligar o mouse e começar a usar. A outra é via Bluetooth, que ainda facilita o pareamento com um tablet, além de ser mais fácil para notebooks ou PCs com poucas (ou nenhuma) portas USB do tipo A.

Diferente de outros mouses mais completos em recursos da própria Logitech, o Ergo M575 não tem conectividade simultânea com mais de um dispositivo: você conecta a um PC ou tablet por vez, seja com o Bluetooth ou com o receptor USB.

Por ser um mouse sem fio, ele precisa de bateria para funcionar. Neste caso, o periférico funciona com uma pilha tipo AA, cuja duração pode chegar a até 24 meses, segundo a fabricante. Mas isso depende muito do seu tipo de uso e de você desligar o dispositivo nos momentos em que não usar.

Logitech Options

Configurações podem ser feitas pelo app Logitech Options (Imagem: Felipe Junqueira/Captura de tela)
Configurações podem ser feitas pelo app Logitech Options (Imagem: Felipe Junqueira/Captura de tela)

Apesar de não oferecer conectividade simultânea com mais de um dispositivo, o Ergo M575 possui algumas opções personalizáveis no app Logitech Options. Além de configurações que você pode fazer nas opções de sistema de um computador Windows ou Mac, também dá para escolher algumas ações diferentes para os botões avançar e voltar e também para a roda de rolagem.

Entre elas estão alternar entre aplicativos, abrir arquivo, avançar ou retroceder faixa de reprodução, abrir página da Web e outros. Porém, se você escolher uma ação diferente da padrão, perderá a função original do botão — a menos, claro, que volte a ela pelo aplicativo.

Ergonomia

A ideia do Ergo M575, como seu nome indica, é oferecer mais ergonomia e reduzir o cansaço de mãos e braço. Por isso é fixo, além de ter uma leve inclinação da área dos botões e tem formato com ótimo encaixe para a melhor pegada possível.

O controle pela trackball não é fácil, mas quem já está acostumado a usar trackpad de notebook não deve ter muito problema. Claro que é diferente fazer o movimento com qualquer um dos dedos e ter que utilizar o polegar para girar a bola, mas no máximo em alguns dias dá para se acostumar. Mas há quem não se habitue de jeito nenhum, como eu, que não consegui obter a precisão que gostaria mesmo já tendo testado o MX Ergo antes.

Seja como for, no caso de você conseguir se acostumar, terá um mouse que de fato reduz a fadiga no braço e, consequentemente, as dores de tendinite e lesões por esforço repetitivo. Ter todos os botões ao alcance também ajuda bastante.

Formato do mouse oferece pegada confortável (Imagem: Ivo/Canaltech)
Formato do mouse oferece pegada confortável (Imagem: Ivo/Canaltech)

Logitech Ergo M575: ficha técnica

  • DPI: de 400 até 2.000;

  • Conectividade: Bluetooth LE, receptor Unifying;

  • Distância de funcionamento: até 10 m (sem fio)

  • Bateria: 1 pilha AA (inclusa);

  • Dimensões: 134 x 100 x 48 mm (AxLxP);

  • Peso: 145 gramas;

  • Compatibilidade: Windows, macOS, iPadOS.

Concorrentes Diretos

Não há muitos mouses semelhantes ao Ergo M575, que é uma espécie de opção menos cara do MX Ergo. Este segundo é uma opção mais completa, com ainda mais recursos e acabamento emborrachado, que aumenta o conforto para usar por longos períodos. Outra vantagem é a presença de uma bateria recarregável, em vez do uso de pilha AA.

Caso a sua busca seja por um mouse com trackball ambidestro, tem o Trackman Marble, também da Logitech. A bola fica no meio, com um botão de cada lado. Além disso, este periférico é conectado ao PC com fio.

Outra opção com fio e ambidestro é o Kensington Orbit, que ainda é mais barato que o Ergo M575. O Kensington Expert seria uma alternativa sem fio, mas seu preço assusta, chegando a R$ 1.500.

A Logitech ainda tem algumas alternativas ergonômicas, como o MX Master 3 e o MX Vertical, com ângulo de uso um pouco superior aos 20° do MX Ergo.

Conclusão

O Logitech Ergo M575 é uma alternativa mais acessível à ergonomia em mouses. Sem fio, ainda oferece duas opções de conectividade, além de ter formato confortável e funcionar em espaços pequenos, sem a necessidade de ser arrastado por uma mesa para controlar o cursor na tela.

Claro que, em comparação com modelos mais completos — e caros — da própria Logitech, o Ergo M575 sacrifica alguns recursos. Felizmente, nada que vá fazer falta para quem quer apenas um mouse confortável e ergonômico. Se você faz questão de conectar a mais de um dispositivo ao mesmo tempo ou de botões extras personalizáveis, é melhor desembolsar uma quantia maior no MX Ergo, mesmo. Caso contrário, esta opção mais em conta vai atender muito bem às suas necessidades, e a um preço mais acessível.

Apesar disso, o Logitech Ergo M575 ainda não é exatamente um mouse barato. O preço oficial dele é de R$ 349, mas você já encontra a preço mais baixo no varejo online. Considerando que o preço de um bom mouse tradicional gira em torno de R$ 100, não é muito a mais para investir em ergonomia e dois botões extras.

Mas claro que é também um investimento na sua saúde. É um preço a mais para dar um descanso aos músculos do braço e da mão. E isso pode representar uma economia muito maior lá na frente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos