Mercado abrirá em 9 h 26 min
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,69 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,11 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,91
    +1,65 (+2,49%)
     
  • OURO

    1.787,20
    +3,30 (+0,18%)
     
  • BTC-USD

    48.842,13
    -299,05 (-0,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.255,64
    -186,12 (-12,91%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,72 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.537,11
    -229,58 (-0,97%)
     
  • NIKKEI

    27.857,10
    -172,47 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.733,25
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3842
    -0,0111 (-0,17%)
     

Review | Echo Show 8 (2021): um upgrade muito pequeno

·5 min de leitura
Review | Echo Show 8 (2021): um upgrade muito pequeno
Review | Echo Show 8 (2021): um upgrade muito pequeno

Pouco mais de um ano depois do lançamento do Echo Show 8 no Brasil, a Amazon resolveu trazer a segunda geração da tela inteligente com caixa de som, Alexa e um monte de recursos extras para o mercado nacional. Eu sei, é difícil encontrar algo que diferencie esse modelo do lançado anteriormente, mas tem novidade sim.

Assista ao review:

A principal nova ferramenta do Echo Show 8 fica na câmera frontal. O sensor captura resolução muito maior que antes, mas o objetivo por aqui não é apenas aumentar a quantidade de detalhes em uma chamada de vídeo e sim te seguir no ambiente onde você está e sem utilizar um motor pra isso, como faz o Echo Show 10.

Leia também

Echo Show 8 (2021) (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)
Echo Show 8 (2021) (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)

Será que funciona? Será que vale a pena o preço maior cobrado pela novidade? Eu te conto nos próximos parágrafos a minha experiência com essa nova tela com Alexa nas últimas semanas.

Design

É praticamente impossível notar de longe o que mudou no novo Echo Show 8. Ele continua sendo uma tela de 8 polegadas com bordas generosas na parte da frente, resolução 720p, com botões para controle de volume, outro para chamar a Alexa e uma chave física que cobre a câmera.

Atrás, uma estrutura em tecido esconde a saída de som dos dois alto-falantes de duas polegadas, e tudo isso também existia no modelo lançado anteriormente, então o que muda? Por dentro, as mudanças estão no lado de dentro.

Echo Show 8 (2021) (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)
Echo Show 8 (2021) (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)

Software e qualidade de som

Todos os comandos e possibilidades que você tem no Echo Show 8 de primeira geração estão presentes por aqui. Por voz e sem olhar a tela, você pode pedir a previsão do tempo, perguntar o trânsito até o trabalho, escutar músicas ou podcasts. Enquanto com a tela o gadget ainda permite abrir um navegador, o YouTube pelo browser e acessa os filmes do Prime Video e da Netflix.

A diferença fica na velocidade desses comandos. O novo Echo Show 8 trocou o processador Mediatek 8163 por outro modelo, com número 8183. A promessa da Amazon é de entregar interação mais veloz, mas eu pouco percebi essa diferença. O sistema acaba dependendo mais da velocidade da internet, e comigo ela era veloz o suficiente para mostrar pouca evolução.

Se por um lado a melhoria no processador não mudou quase nada na experiência com a tela, por outro o novo hardware permitiu um aumento na quantidade de megapixels da câmera, que agora tem 13 megapixels – antes era apenas um megapixel.

Echo Show 8 (2021) (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)
Echo Show 8 (2021) (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)

A ideia aqui não é só mostrar mais detalhes, mas sim cortar a imagem. Com esse aumento enorme na resolução, o Echo Show 8 de segunda geração pode realizar chamadas de vídeo e seguir a pessoa pelo cômodo. Para isso ele corta a imagem e faz zoom digital.

Outra ferramenta para ajudar nesse trabalho é a lente com maior ângulo de visão. Assim a resolução nativa da câmera capta mais informações para poder cortar com mais qualidade, enquanto a lente mostra mais das laterais. Funciona, o resultado é bacana, mas o software poderia ser mais veloz na hora de acompanhar quem fala. Não é muito difícil perder o tracking.

Existem recursos extras que foram adicionados nesse novo Echo Show, como a possibilidade de ativar uma rotina com base na ausência ou na presença de alguma pessoa no local, desde que a câmera possa ver essa pessoa e que o sensor esteja descoberto.

Com dispositivos conectados você pode fazer com que a Alexa desligue as lâmpadas quando as pessoas não estiverem mais no local, ou desligar o ar condicionado nesse mesmo momento. As possibilidades são grandes.

Echo Show 8 (2021) (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)
Echo Show 8 (2021) (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)

Também é possível utilizar o Echo Show 8 como câmera de segurança, acessando a imagem remotamente. Por aqui o recurso não funcionou, mas o Drop In para chamadas de vídeo a partir do meu celular para a tela inteligente deu certo, e ela tem basicamente a mesma função: ver o ambiente, quando você não está nele.

Agora, o som. O Echo Show 8 de segunda geração tem a mesma configuração do modelo anterior, com dois falantes de duas polegadas escondidos na parte traseira do produto. A qualidade sonora dessa dupla é muito superior ao pequeno Echo Dot, mas eu ainda sinto alguma bagunça em volumes mais elevados.

O sistema de som preenche bem o ambiente, não tenha dúvidas, mas você tem uma experiência melhor se escutar qualquer coisa no Echo Show 8 com o volume não muito acima do médio…que já é bem alto. Além desse ponto o grave se perde, os meios ficam muito mais evidentes e o resultado é bem ruim.

Vale a pena?

Olha, eu ainda não vejo utilidade para uma tela inteligente, para algo que uma caixa de som semelhante já não faça muito bem só com áudio. Tudo bem que o Echo Show 8 tem câmera e faz chamadas de vídeo, mas seu celular faz melhor e seu PC também.

Echo Show 8 (2021) (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)
Echo Show 8 (2021) (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)

Rodar filmes nesse produto é a pior das escolhas, já que certamente você tem uma TV que faz a mesma coisa, só que com maior resolução, além de tamanho físico consideravelmente maior em polegadas. É mais confortável. Enquanto o YouTube continua sendo um acessado pelo navegador, cheio de limitações, eu não consigo ver uso para uma tela dessas.

Imagino que ver uma receita, na cozinha enquanto as mãos estão sujas é um uso interessante, mas isso só acontecerá por aqui quando o app do YouTube existir e…bem, a briga entre Amazon e Google deixa claro que isso dificilmente acontecerá.

Agora, falando em som e focando apenas nele, você consegue qualidade sonora superior no Echo normal, sem ser o Dot. Esse smartspeaker tem um woofer de três polegadas, entregando mais graves do que o Echo Show 8, além de dois tweeters. Na somatória ele é superior, custa menos, mas não tem tela.

Eu só consigo recomendar o Echo Show 8 se você precisa muito de uma tela, um porta retratos digital ou então um rádio relógio inteligente. Em todos os outros cenários, ainda acho superior o som do Echo de quarta geração e a câmera do seu smartphone certamente é melhor que a do Show 8, para chamadas de vídeo.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos