Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    36.005,93
    -473,55 (-1,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Reunião de ‘Friends’ é censurada na China e fica sem BTS, Lady Gaga e Justin Bieber

·5 minuto de leitura
Reunião de ‘Friends’ é censurada na China e fica sem BTS, Lady Gaga e Justin Bieber
Reunião de ‘Friends’ é censurada na China e fica sem BTS, Lady Gaga e Justin Bieber

Algo estava errado na versão chinesa da tão aguardada reunião especial de ‘Friends, no HBO Max. Alguns artistas convidados, como a boy band BTS, Lady Gaga e Justin Bieber não estavam em lugar nenhum. Fãs com olhos de águia descobriram que as cenas com as estrelas foram cortadas em todos os três serviços de streaming que tinham os direitos de transmissão. As referências LGBTQ, entre outras coisas, também desapareceram.

E o motivo? A China acredita que tanto os dois cantores quanto o grupo de k-pop insultaram a nação no passado e, por isso, foram censurados. O problema é que a sitcom estadunidense da Warner Bros. é extremamente popular no país e a censura irritou os fãs.

Friends: Veja as primeiras fotos e detalhes da reunião do elenco da série. Imagem: People Magazine/Divulgação
Imagem da reunião do elenco da série ‘Friends’. Imagem: People Magazine/Divulgação

Por isso, alguns fãs começaram a compartilhar o material excluído nas redes sociais chinesas por conta própria, enquanto outros distribuíram links para o episódio completo sem censura, hospedado em sites piratas. “Socorro! Nunca vamos seguir em frente e mudar? Isso só vai me fazer querer saber mais sobre as cenas cortads”, comentou um usuário no Weibo, plataforma de microblog semelhante ao Twitter, mas exclusiva da China.

‘Friends’ tem um grande número de fãs na China, e muitas pessoas creditam ao programa o primeiro contato com a cultura americana e também o aprendizado da língua inglesa. O episódio de reunião reuniu todos os seis principais atores do elenco para falar sobre o tempo na amada série, junto com entrevistas, brincadeiras, além da participação de celebridades e fãs.

Leia mais:

Não está claro se o governo chinês emitiu uma diretiva de censura ou se as plataformas iQiyi, Youku e Tencent Video fizeram isso para evitar a transmissão de conteúdo “politicamente sensível”. No entanto, muitos fãs notaram que a censura não era consistente – por exemplo, a versão do iQiyi teve o corte mais curto, pelo menos seis minutos a menos do que o tempo programa original, que tem 104 minutos de duração. Já no Tencent Video, o tempo do programa foi reduzido em quase cinco minutos, enquanto no Youku houve retirada de quase quatro minutos.

Como BTS, Lady Gaga e Justin Bieber irritaram a China?

Acredite ou não, mas o BTS causou polêmica na China em 2020 por causa de comentários de um membro sobre a Guerra da Coréia, que ocorreu entre 1950 e 1953. Em um discurso, o líder e rapper da boy band sul-coreana, RM, mencionou a “história de dor” compartilhada pela Coreia do Sul com os Estados Unidos (EUA) durante o conflito, no qual os dois países lutaram juntos.

“Sempre lembraremos a história de dor que nossas duas nações compartilharam e os sacrifícios de incontáveis homens e mulheres”, disse ele ao receber um prêmio – ao lado dos outros membros: Jimin, Suga, J-Hope, Jungkook, V e Jin – em comemoração às relações entre os EUA e a Coreia do Sul. Os comentários irritaram os usuários das redes sociais chinesas, uma vez que Pequim apoiou o Norte na guerra.

Os 7 integrantes do BTS: RM, Jimin, Suga, J-Hope, Jungkook, <em>V</em> e Jin. Imagem: Shutterstock.com
Os 7 integrantes do BTS: RM, Jimin, Suga, J-Hope, Jungkook, V e Jin. Imagem: Shutterstock.com

No especial de ‘Friends’, os rapazes do grupo fizeram parte de um clipe de 13 segundos falando sobre o amor pelo programa, com RM dizendo que a série ensinou “as coisas sobre a vida e a verdadeira amizade”.

Já a cantora e compositora nova-iorquina Lady Gaga foi proibida de fazer turnês na China, após seu encontro com o Dalai Lama, em 2016. Ao mostrar apoio ao líder espiritual tibetano, ela irritou a imprensa e as autoridades chinesas, que a consideram uma “figura favorável ao separatismo tibetano”.

O corte no especial de ‘Friends’ – onde ela canta a icônica música ‘Smelly Cat’ com a atriz Lisa Kudrow, que interpreta Phoebe Buffay na série – não foi visto nos streamings chineses.

Lady Gaga comparece à estreia do filme ‘Nasce Uma Estrela’ durante o 75º Festival de Cinema de Veneza, em 31 de agosto de 2018. Imagem: Andrea Raffin / Shutterstock.com
Lady Gaga comparece à estreia do filme ‘Nasce Uma Estrela’ durante o 75º Festival de Cinema de Veneza, em 31 de agosto de 2018. Imagem: Andrea Raffin / Shutterstock.com

O último, mas não menos censurado, foi Justin Bieber. O público chinês também não viu a aparição do cantor canadense no especial, no qual ele aparece vestido de Spudnik – a combinação de batata e satélite que o personagem de ‘Friends’, Ross, uma vez usou para uma festa de Halloween.

Desde 2014, a estrela pop foi proibida de se apresentar no país por “mau comportamento”. Na época, ele causou polêmica ao postar uma foto dele visitando o Santuário Yasukuni, em Tóquio. O local, que homenageia guerreiros mortos e criminosos de guerra condenados, é visto na China e na Coreia do Sul como um símbolo de que o Japão “não lamentou o passado de seu império”.

Quaisquer tipos de referências LGBTQ (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgênero) também foram censuradas. Por exemplo, um depoimento do fã alemão Ricardo, que descreveu como o show o ajudou com o sentimento de “pertencer a algum lugar”. “Eu era um homem gay que queria ser como Jennifer Aniston, então, você pode imaginar como eu era solitário”, disse ele no especial.

Justin Bieber chega para a estreia de “Seasons”, produção do YouTube Originals sobre a vida do cantor em 27 de janeiro de 2020, na Califórnia. Imagem: DFree / Shutterstock.com
Justin Bieber chega para a estreia de “Seasons”, produção do YouTube Originals sobre a vida do cantor em 27 de janeiro de 2020, na Califórnia. Imagem: DFree / Shutterstock.com

A plataforma Youku ainda censurou outra cena em que uma mulher puxa sua parceira para a câmera e diz: “Como todo Chandler, encontrei minha Monica”.

Não é incomum para as emissoras chinesas censurarem qualquer coisa que possa ser considerada “política ou culturalmente sensível”. Porém, várias cenas da série original chegaram a ser cortadas do especial, o que causou extremo incômodo aos fãs que, repetidamente, já as viram em reprises, plataformas de streaming e etc.

Lembrando que o especial ‘Friends: The Reunion’ será exibido no Brasil com legendas em português – e sem cenas cortadas ou qualquer tipo de censura, esperamos – no dia 29 de junho, na estreia latino-americana do serviço HBO Max.

Fonte: BBC

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!]

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos