Mercado fechado

Retrocompatibilidade no PlayStation 5: Sony volta a falar sobre o assunto

Felipe Demartini
·3 minutos de leitura

A Sony voltou a comentar, ainda que de forma superficial, o funcionamento da retrocompatibilidade do PlayStation 5. Mais uma vez, a empresa reforçou o que afirma ser um compromisso com a transição de seus usuários, afirmando que 99% dos jogos lançados para o PlayStation 4, desde exclusivos até games de outras desenvolvedoras, rodarão sem problemas na nova plataforma.

A fala é do vice-presidente sênior de planejamento da fabricante, Hideaki Nishino, afirmando que os títulos poderão ser acessados diretamente do menu da plataforma desde o lançamento. Segundo ele, a empresa reconhece que os jogadores devem possuir uma biblioteca considerável de títulos, por isso, a portabilidade é importante nesta nova fase, também para incentivar a compra da nova plataforma quando os usuários estiverem prontos para isso.

A fala do executivo, por outro lado, não entrou em específicos que estão gerando dúvidas entre os jogadores. O maior exemplo é o que, exatamente, significa o 1% deixado de fora da lista da retrocompatibilidade, com uma relação precisa de quais games não funcionarão no PlayStation 5. Além disso, a empresa não comenta sobre uma possível aplicação de patches disponíveis no PS4 Pro, por exemplo, apesar de já ter falado que, no novo console, os títulos terão melhorias na taxa de quadros por segundo e nos tempos de carregamento.

Alguns detalhes já foram confirmados, como a compatibilidade do DualShock 4 apenas nos títulos de PS4, mas faltam outros, como a portabilidade também de dados salvos, que não parece ser uma constante. Call of Duty: Black Ops Cold War e Marvel’s Avengers, por exemplo, terão a progressão compartilhada entre diferentes plataformas, o que significa que quem começar a jogar no console atual poderá continuar no PlayStation 5 sem recomeçar do zero; jogadores de Dirt 5, Maneater e Yakuza: Like a Dragon, entretanto, não terão a mesma possibilidade.

O método de retrocompatibilidade também será variado de acordo com o título e a decisão de cada desenvolvedora. No caso do mais recente título da saga Yakuza, por exemplo, a SEGA garantirá acesso à versão PS5 para quem adquirir o game no PS4, bastando inserir o disco no console ou ter o título na conta. Marvel’s Spider-Man, por exemplo, terá duas versões diferentes, com uma repaginada e relançada para a nova geração, ao lado de Miles Morales, e outra que funciona a partir da original, disponível para quem já possui o jogo, com possibilidade de upgrade para quem desejar aproveitar o que a nova geração tem para oferecer.

A reportagem da revista americana GameInformer que traz as declarações de Nishino deixa algo claro: por mais que a Sony esteja preocupada com a retrocompatibilidade, seu foco parece estar mais no futuro do que no passado. Como já havia confirmado antes, o PlayStation 5 não será compatível com jogos do PS3 e anteriores, com a única exceção sendo a pequena lista de PS2 Classics disponíveis digitalmente em versões convertidas para o PS4 — desde que, esperemos, eles não estejam dentro do 1% misterioso.

O PlayStation 5 chega ao Brasil no dia 19 de novembro em duas versões: a principal custa R$ 4.999, enquanto o PlayStation 5 Digital Edition, sem drive de disco, cai por R$ 4.499. Ambas têm o mesmo hardware e darão acesso aos mesmos recursos e jogos.

Compre o PS5 e o Xbox Series X | S no Brasil

E aí, você já decidiu se vai de PS5 ou de Xbox Series? Independentemente da sua escolha, ambos os consoles já estão disponíveis no Brasil em pré-venda. Ao comprá-los antecipadamente, você garante que terá algum dos novíssimos dispositivos antes de 2020 acabar. Que tal aproveitar agora? Basta seguir as nossas dicas pelos links abaixo e esperar a entrega chegar:

Quer mais promoções? Conheça o Canaltech Ofertas

Cansado de gastar várias horas para encontrar preços baixos na internet? Então chegou a hora de conhecer o Canaltech Ofertas, nosso serviço que seleciona apenas as melhores promoções das lojas online. Pronto para economizar? Você pode acompanhar os descontos no grupo de WhatsApp ou no site oficial:

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: