Mercado fechará em 6 h 20 min
  • BOVESPA

    128.376,74
    -888,22 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.315,69
    -3,88 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,47
    -0,19 (-0,26%)
     
  • OURO

    1.776,90
    -6,00 (-0,34%)
     
  • BTC-USD

    29.632,72
    -2.885,19 (-8,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    707,04
    -87,29 (-10,99%)
     
  • S&P500

    4.222,23
    -2,56 (-0,06%)
     
  • DOW JONES

    33.791,40
    -85,57 (-0,25%)
     
  • FTSE

    7.089,64
    +27,35 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.309,76
    -179,24 (-0,63%)
     
  • NIKKEI

    28.884,13
    +873,20 (+3,12%)
     
  • NASDAQ

    14.122,50
    -7,50 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9802
    +0,0049 (+0,08%)
     

Retorno de Dudu tem contagem regressiva e clima de festa no Palmeiras

·2 minuto de leitura


O Palmeiras precisou esperar até o último minuto para poder concretizar o retorno de Dudu. Preparado para anunciar a volta, a equipe de marketing trabalhou com vídeos e postagens para formalizar o novo velho reforço, mas teve de aguardar até que o prazo que o Al-Duhail tinha para exercer sua cláusula de compra, expirada às 23h59 deste sábado (15).

O clima de todo o clube foi de cautela durante o processo, mas com um final de muita alegria e animação entre os envolvidos. A felicidade foi geral, da direção executiva, passando pela comissão técnica e chegando até aos funcionários, satisfeitos em ter Dudu.

O Palmeiras não mudou de postura em relação àquilo que havia sido combinado no contrato de empréstimo. Sem aceitar qualquer tratativa para diminuir o valor da compra, de 6 milhões de euros (R$ 38,42 milhões), o Verdão tinha claro que se o Al-Duhail não se manifestasse pela execução da cláusula, o jogador retornaria. Nunca cogitou qualquer outro tipo de transferência, valor ou modelo de operação. E isso se concretizou no primeiro minuto deste domingo.

Os relatos da direção do clube ao LANCE!/NOSSO PALESTRA contam que internamente o negócio, agora concretizado no retorno, é um dos maiores já feitos pelo clube, além de lucrativo, muito vitorioso. Sem Dudu por um ano, período no qual foi campeão Paulista, da Copa do Brasil e da Libertadores, o Verdão recebeu 7 milhões de euros (R$ 44 milhões, na cotação de quando o acordo foi selado) e ainda se viu livre dos altos salários do atacante.

Diante de tudo isso, a volta de Dudu é um resultado financeiro muito satisfatório e representa o reforço pedido por Abel, que vinha incomodado com a falta de chegadas ao seu elenco. Além de ser muito querido por todos os membros do clube, o camisa 7 é um visto com uma acréscimo de talento muito significativo. À reportagem, um dirigente citou Dudu como um “reforço que não se consegue comprar, teria um custo digno de futebol europeu”.

Com o final do contrato de empréstimo, vigente até junho, Dudu voltará a ser jogador do clube no primeiro dia de julho, mas deverá entrar em campo apenas em agosto, com a abertura da janela de transferências. Dudu passa férias em Miami, nos Estados Unidos, com sua noiva.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos