Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.816,90
    -18,90 (-1,03%)
     
  • BTC-USD

    41.310,65
    +2.010,93 (+5,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Retorno da nave de carga Dragon, da SpaceX, será transmitida pela Nasa

·2 minuto de leitura
Retorno da nave de carga Dragon, da SpaceX, será transmitida pela Nasa
Retorno da nave de carga Dragon, da SpaceX, será transmitida pela Nasa

A nave de carga Dragon, da SpaceX, terá seu retorno do espaço à Terra transmitido pela Nasa, segundo comunicado divulgado pela agência espacial americana. Pelas informações, a embarcação criada pela empresa de Elon Musk partirá da Estação Espacial Internacional (ISS), na próxima terça-feira, 6 de julho de 2021.

A Dragon foi originalmente lançada em 3 de junho, do Complexo de Lançamento 39A, no Centro Espacial Kennedy. A nave da SpaceX voltará à Terra trazendo aproximadamente 2,2 toneladas de experimentos científicos para avaliação das equipes de solo que a resgatarem.

Leia também

Imagem mostra a nave de carga Dragon, da SpaceX, cujo retorno à Terra será transmitido ao vivo pela Nasa
A nave de carga Dragon, que chegou à estação espacial internacional em junho, está prestes a retornar à Terra, trazendo pesquisas científicas para análise. Imagem: Tim Peake /ESA/NASA

“Controladores no solo posicionados na estrutura da SpaceX em Hawthorne, Califórnia, vão enviar à Dragon o comando de destravamento da porta do módulo Harmony da ISS, com o astronauta da Nasa, Shane Kimbrough, monitorando a situação de dentro da estação”, diz trecho do comunicado. “Estima-se que a Dragon faça seu pouso assistido por pára-quedas no oceano em torno da 1h00 de 8 de julho”.

Pousar no oceano próximo à costa da Flórida permitirá o recolhimento e transporte rápido da cápsula de volta para o Centro Espacial Kennedy. A ideia é que essa velocidade beneficie os experimentos contidos com um tempo reduzido de exposição à gravidade.

Falando nos experimentos, alguns dos que a Dragon trará de volta à Terra incluem:

  • Liofilização-2: examina o impacto da gravidade em materiais congelados a vácuo (criodissecação), podendo resultar no aprimoramento deste processo para produtos farmacêuticos e outras indústrias. A criodissecação costuma aumentar a vida utilútil de um produto em armazenamento em décadas

  • Experimento de Musculatura Molecular-2: testa uma série de drogas para saber se elas podem aprimorar a saúde no espaço, o que pode resultar em novas capacidades terapêuticas para objetos de estudo na Terra

  • Biofilmes Orais no Espaço: estuda como a gravidade afeta a estrutura, composição e atividade de bactérias da boca na presença de agentes comuns de saúde bucal. Esse estudo pode ajudar no desenvolvimento de novos tratamentos de doenças da boca, como periodontite e formação de canais

A cobertura ao vivo da partida da nave Dragon, da SpaceX, será a partir das 11h45 (horário de Brasília, e a Nasa disponibilizará a transmissão pelo site oficial da agência e seu aplicativo (iOS / Android / Amazon). O pouso no oceano, porém, não será transmitido.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos