Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,44 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,75 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    -1,49 (-1,83%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.148,96
    -186,00 (-0,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,10 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,96 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,84 (-1,83%)
     
  • NASDAQ

    11.058,25
    -170,00 (-1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3079
    +0,0099 (+0,19%)
     

Resumo do mercado de criptomoedas em agosto, poucas apresentaram ganhos

Investidor de criptomoedas acompanhando mercado.
Investidor de criptomoedas acompanhando mercado.

Não importa o setor, todos eles apresentaram quedas em agosto conforme o Bitcoin fechou o mês com uma baixa de 13%. Apesar disso, algumas criptomoedas tiveram desempenhos bem piores do que outras, revelando a desconfiança do mercado.

Sem dúvida, o pior setor está ligado ao metaverso e tokens de jogos. O pior desempenho é apresentado pelo Illuvium (ILV), com queda mensal de 34% e 97% abaixo de seu topo histórico, registrado em maio do ano passado.

Do outro lado, o token Unus Sed Leo (LEO) apresentou uma alta mensal de 15%. Sua recuperação está ligada a prisão dos dois hackers da BitFinex e o confisco de R$ 10 bilhões em bitcoin. Parte deste montante deve ser distribuído aos holders do LEO, mas isso pode levar anos.

Criptomoedas de primeira camada apresentaram resultados mistos em agosto

Enquanto o Bitcoin, parâmetro da indústria, fechou o mês com queda de 13%, outras moedas de primeira camada tiveram resultados mistos. A Cosmos (ATOM) aparece na ponta com ganhos de 13%. Do outro lado, Solana (SOL) aparece com perdas de 26% após mais um roubo massivo ter afetado a mesma.

Desempenho das criptomoedas de 1ª camada em agosto de 2022. Fonte: ICO Analytics.
Desempenho das criptomoedas de 1ª camada em agosto de 2022. Fonte: ICO Analytics.

O Ethereum conseguiu disparar ao ganhar a confiança de gigantes do mercado sobre sua maior atualização da história. Mesmo assim, fechou o mês no vermelho com o surgimento de comentários negativos sobre o The Merge.

DeFi também em queda, metaverso totalmente enfraquecido

Já no setor de finanças descentralizadas (DeFi), nenhuma criptomoeda conseguiu bater o dólar. O destaque negativo fica para a MakerDAO (MKR), responsável pela stablecoin descentralizada DAI. Sua queda de 31% pode ter ligação com o medo de censura sobre a mesma.

Desempenho de criptomoedas de DeFi em agosto de 2022. Fonte: ICO Analytics.
Desempenho de criptomoedas de DeFi em agosto de 2022. Fonte: ICO Analytics.

Enquanto isso, o setor de metaverso e jogos play-to-earn apresentaram o pior desempenho de todos. Criptomoedas famosas como The Sandbox (SAND), Stepn (GMT), ApeCoin (APE) e Illuvium (ILV) tiveram perdas de pelo menos 28%, mostrando fraqueza no setor.

Não tão distante, Axie Infinity (AXS) aparece com queda de 22%, desempenho similar à Decentraland (MANA).

Desempenho de criptomoedas do metaverso e play-to-earn em agosto de 2022. Fonte: ICO Analytics.
Desempenho de criptomoedas do metaverso e play-to-earn em agosto de 2022. Fonte: ICO Analytics.

Historicamente, setembro não é um bom mês para o Bitcoin

Outro dado apresentado pela ICO Analytics é o desempenho mensal do Bitcoin desde janeiro de 2011. Em mais de uma década de negociação, o Bitcoin só apresentou ganhos em 3 setembros e, mesmo assim, todos tímidos.

Desempenho mensal do Bitcoin, de 2011 até 2022. Fonte: ICO Analytics.
Desempenho mensal do Bitcoin, de 2011 até 2022. Fonte: ICO Analytics.

Portanto, a situação é preocupante para os investidores que acreditam que a história se repetirá neste mês que se inicia.

Contudo, a boa notícias é que os meses seguintes — outubro, novembro e dezembro — possuem um histórico de grandes valorizações.

Fonte: Livecoins