Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.812,87
    +105,11 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.729,80
    -4,24 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,38
    -0,12 (-0,13%)
     
  • OURO

    1.772,20
    -4,50 (-0,25%)
     
  • BTC-USD

    23.380,46
    +39,77 (+0,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    558,74
    +1,01 (+0,18%)
     
  • S&P500

    4.283,74
    +9,70 (+0,23%)
     
  • DOW JONES

    33.999,04
    +18,72 (+0,06%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.540,00
    +46,75 (+0,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2138
    -0,0454 (-0,86%)
     

Resultados fortes elevam índice europeu para pico em quase 7 semanas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Bolsa de Valores de Frankfurt
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Susan Mathew e Devik Jain

(Reuters) - As ações europeias atingiram máximas em quase sete semanas nesta quarta-feira, depois que uma série de resultados fortes de empresas --incluindo o credor exposto à Rússia UniCredit e a britânica Smurfit Kappa-- proporcionou algum conforto em meio a ambiente sombrio.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,47%, a 428,12 pontos, liderado por salto de 16,2% nos papéis da consultoria francesa de TI Atos, após a obtenção pela empresa de financiamento para um plano de recuperação.

O UniCredit ganhou 8,6% depois de elevar as perspectivas para 2022 e seguir com uma proposta de recompra de ações que havia suspendido, o que ajudou o índice MIB da Itália a superar seus pares.

O sentimento também foi apoiado por perspectivas otimistas da Microsoft Corp e forte crescimento das vendas de anúncios da Alphabet Inc, dona do Google. Analistas também apontaram que grande parte da decepção em relação aos balanços corporativos já foi embutida nas avaliações ("valuations", em inglês).

O foco dos investidores também estava voltado aos planos de aumentos de juros pelo Federal Reserve, com os mercados esperando amplamente a adoção de uma alta de 0,75 ponto percentual nesta quarta-feira. O comunicado do banco central dos Estados Unidos será divulgado às 15h (de Brasília), seguido por coletiva de imprensa do chair do Fed, Jerome Powell.

O setor de viagens e lazer subiu 3%, impulsionado por comentários positivos da Wizz Air.

A Smurfit Kappa avançou 5,5% depois que a maior produtora de embalagens de papel da Europa registrou salto de 50% no núcleo dos lucros do primeiro semestre e aumentou seus dividendos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,57%, a 7.348,23 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,53%, a 13.166,38 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,75%, a 6.257,94 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,52%, a 21.480,70 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,68%, a 8.124,40 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,96%, a 6.116,72 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos