Mercado fechado

Restrição a financiamento de programas do Fed não "prejudicará" próxima equipe do Tesouro, diz autoridade

·1 minuto de leitura

WASHINGTON (Reuters) - A decisão do secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, de tomar de volta fundos dos programas de empréstimos do Federal Reserve no contexto do coronavírus não vai "prejudicar" o próximo secretário do Tesouro porque a medida deixará 600 bilhões de dólares em dinheiro que podem ajudar rapidamente trabalhadores e empresas, disse uma autoridade sênior do Tesouro nesta sexta-feira.

Em entrevista por telefone, o funcionário disse à Reuters que as ferramentas do Fed não serão dissolvidas e podem ser rapidamente recapitalizadas para uma capacidade de empréstimo de 750 bilhões de dólares a 800 bilhões de dólares com recursos do Fundo de Estabilização de Câmbio do Tesouro, que vem desde a época da Grande Depressão.

(Por David Lawder)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447757)) REUTERS JCG