Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.101,99
    +1.088,52 (+1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.508,35
    -314,88 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,29
    -0,67 (-0,77%)
     
  • OURO

    1.839,80
    -3,40 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    41.321,98
    -605,01 (-1,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    992,43
    -2,83 (-0,28%)
     
  • S&P500

    4.482,73
    -50,03 (-1,10%)
     
  • DOW JONES

    34.715,39
    -313,26 (-0,89%)
     
  • FTSE

    7.585,01
    -4,65 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    24.952,35
    +824,50 (+3,42%)
     
  • NIKKEI

    27.772,93
    +305,70 (+1,11%)
     
  • NASDAQ

    14.725,75
    -307,75 (-2,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1299
    -0,0375 (-0,61%)
     

Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City já tem data para chegar ao streaming

·2 min de leitura

Quem não assistiu Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City no cinema terá uma nova chance a partir desta terça-feira (21), quando o longa será lançado em serviços sob demanda nos Estados Unidos. Sem alarde, a informação foi incluída no site oficial da Sony Pictures, indicando que o longa deve estar disponível, inicialmente, em serviços de compra e locação por streaming.

Caso siga a mesma lógica de outro lançamento recente, o longa deve aparecer nas principais plataformas do tipo do mercado estadunidense. Venom: Tempo de Carnificina, por exemplo, ainda não está disponível em serviços por assinatura, mas pode ser adquirido ou alugado digitalmente em plataformas como YouTube, Prime Video, Apple TV, Google Play e Microsoft Store, por exemplo. A distribuidora, porém, não confirmou uma previsão de lançamento para o Brasil.

O lançamento de Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City soa precoce, com o longa, nos EUA, chegando aos serviços digitais menos de um mês depois de sua estreia exclusiva nos cinemas. No exterior, o filme estreou em 24 de novembro, enquanto o público brasileiro pôde assistir ao longa a partir do dia 2 de dezembro, com a chegada ao streaming sendo possível com meras semanas de intervalo — mas também em um momento no qual as sessões da produção desapareceram das salas diante de blockbusters como Homem-Aranha Sem Volta Para Casa e Matrix Resurrections.

O filme tem Claire Redfield (Kaya Scodelario) como protagonista. Ela retorna a Raccoon City para se reencontrar com o irmão, Chris (Robbie Amell), e desvendar uma antiga conspiração da empresa farmacêutica Umbrella Corporation, que está usando a cidade como fachada e palco para seus experimentos com armas biológicas. No elenco, também estão Avan Jogia (Zumbilâdia: Atire Duas Vezes), Tom Hopper (The Umbrella Academy), Hannah John-Kamen (Homem-Formiga e a Vespa) e Marina Mazepa (Maligno).

<em>Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City chega aos serviços de streaming dos EUA menos de um mês depois do lançamento nos cinemas; previsão de disponibilização para o Brasil ainda não foi divulgada (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech)</em>
Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City chega aos serviços de streaming dos EUA menos de um mês depois do lançamento nos cinemas; previsão de disponibilização para o Brasil ainda não foi divulgada (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech)

Em resenhaa publicada no Canaltech, Resident Evil: Bem-Vindo a Raccoon City foi criticado pelo excesso de referências e o acumulado de momentos tirados diretamente dos games, que tentam criar uma aura de fidelidade em detrimento de um bom roteiro e situações aprofundadas. O longa foi considerado bem mais carinhoso com os jogos e seu legado, mas falhou em demonstrar porque a franquia se tornou tão importante.

A reportagem do Canaltech entrou em contato com a Sony Pictures questionando sobre a previsão de lançamento nacional do filme em streaming ou sob demanda. A empresa ainda não havia retornado até a publicação.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos