Mercado abrirá em 2 h 30 min
  • BOVESPA

    102.814,03
    +589,77 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.796,30
    +303,78 (+0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,02
    -1,93 (-2,76%)
     
  • OURO

    1.795,70
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    56.458,75
    -927,96 (-1,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.426,40
    -2,53 (-0,18%)
     
  • S&P500

    4.655,27
    +60,65 (+1,32%)
     
  • DOW JONES

    35.135,94
    +236,60 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.004,38
    -105,57 (-1,48%)
     
  • HANG SENG

    23.475,26
    -376,98 (-1,58%)
     
  • NIKKEI

    27.821,76
    -462,16 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.303,50
    -87,25 (-0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3506
    +0,0214 (+0,34%)
     

Representante comercial dos EUA indica nova estrutura econômica asiática, segundo NHK

·1 min de leitura
Representante de Comércio dos EUA, Katherine Tai

TÓQUIO (Reuters) - A representante comercial dos Estados Unidos, Katherine Tai, disse que os EUA podem estabelecer uma nova estrutura econômica asiática com aliados e nações "amigas" já no próximo ano, noticiou a televisão pública NHK nesta quinta-feira.

Os Estados Unidos e o Japão anunciaram na quarta-feira uma nova parceria comercial para impulsionar a cooperação em questões de trabalho, meio ambiente e comércio digital, com ênfase nas "preocupações com terceiros países", uma referência às políticas econômicas da China.

Tai, que está em visita a Tóquio e se encontrou com autoridades japonesas na quarta-feira, disse em entrevista à NHK que a nova parceria com nações da região Indo-Pacífico pode ser lançada já no próximo ano.

"No início do próximo ano, estamos considerando trabalhar com os países da região para estabelecer uma estrutura econômica, uma estrutura com países que compartilham questões", disse Tai, segundo a NHK.

Nenhum detalhe adicional foi dado.

O ex-presidente norte-americano Donald Trump retirou os Estados Unidos do acordo comercial Parceria Transpacífica (TPP, na sigla em inglês) em 2017, e Tai disse que trabalharia para cooperar comercialmente com os países da Ásia, mas que o mundo está muito diferente de 2015, quando a TPP foi negociada.

(Por Elaine Lies)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos