Mercado fechado

Reparo do Apple Watch Ultra pode custar mais que um Series 8 novo

Durante evento realizado na última quarta-feira (7), a Apple apresentou o Apple Watch Ultra como seu novo relógio resistente, voltado para trilhas ou outras atividades do tipo. Ele foi feito com a durabilidade como um dos principais focos, mas se algum problema técnico acontecer, a conta pode sair bastante cara.

Reparo sem AppleCare+ pode chegar a 499 dólares (Imagem: Captura de tela/Apple)
Reparo sem AppleCare+ pode chegar a 499 dólares (Imagem: Captura de tela/Apple)

A página de suporte oficial da Apple informou que os consertos do Apple Watch Ultra podem ter um preço de até 499 dólares (cerca de R$ 2.601 em conversão direta). Este valor é válido para troca de peças diversas, como a estrutura em titânio, tela, botões ou sensores.

Para efeito de comparação, o preço inicial do Apple Watch Series 8 é de 399 dólares (~R$ 2.079), para o modelo de 41 mm, valor que passa para 499 dólares (R$ 2.601) na versão com suporte para conexões móveis. O relógio de 45 mm, por sua vez, tem preços de 429 e 529 dólares (~R$ 2.236 e R$ 2.757), respectivamente.

A diferença fica ainda maior quando se considera o novo Apple Watch SE, relógio inteligente mais barato da marca disponível oficialmente. O produto com 40 mm foi anunciado por 249 dólares (~R$ 1.298) no modelo inicial ou 299 dólares (~R$ 1.558) com conectividade móvel — já o modelo com 44 mm custa 279 e 329 dólares (~R$ 1.454 e R$ 1.715), respectivamente, todos preços mais baixos que o reparo do Apple Watch Ultra.

Além disso, o próprio Apple Watch Ultra novo não fica tão longe do preço oficial de reparo. O relógio foi listado por 799 dólares, valor que pode ser convertido em aproximadamente R$ 4.164.

Alternativas para reparo do Apple Watch Ultra

Apple Watch Ultra foi desenvolvido com foco em alta resistência (Imagem: Divulgação/Apple)
Apple Watch Ultra foi desenvolvido com foco em alta resistência (Imagem: Divulgação/Apple)

Nem todas as situações de conserto exigirão o pagamento de 499 dólares. A simples troca da bateria do relógio, por exemplo, está listada por 99 dólares, ou R$ 516 em conversão direta.

De qualquer forma, a melhor alternativa provavelmente é a assinatura do AppleCare+, serviço de cobertura da marca contra este tipo de situação. Ele custa 99 dólares (~R$ 516) ou 4,99 dólares (~R$ 26) por mês, e cobre quaisquer danos acidentais — entretanto, neste caso cada conserto ainda tem uma taxa extra de 79 dólares (~R$ 412).

No Brasil, o Apple Watch Series 8 foi lançado pelo preço inicial de R$ 5.299, enquanto o Watch SE começa em R$ 3.399, e o Ultra sai por R$ 10.299. Valores oficiais para o conserto dos produtos em território nacional ainda não são listados na página de suporte da marca, algo que deve acontecer apenas quando as vendas iniciarem em nosso país — o que ainda não tem data para ocorrer.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: