Renda média do trabalhador é recorde em novembro

O rendimento médio real do trabalhador ocupado no Brasil alcançou em novembro o maior patamar da série histórica da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), iniciada em março de 2002, informou, nesta sexta-feira, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O rendimento médio real do trabalhador foi de R$ 1.809,60 no mês passado, ante R$ 1.795,41 em outubro. O cálculo não inclui gratificações nem pagamento do 13º salário. "Tudo o que é esporádico é retirado daqui", ressaltou Cimar Azeredo, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE.

Segundo Azeredo, a causa seria o aumento do poder aquisitivo e da formalização dos postos de trabalho. Mas o coordenador do IBGE descarta a escassez de mão de obra como fonte de pressão sobre os salários. "A gente não está vivendo situação de pleno emprego. É difícil afirmar que as pessoas estão com poder de barganha maior para negociar. O único grupamento que justifica isso é claramente o da empregada doméstica. A oferta de mão de obra está escassa, e a demanda, forte, ainda que seja pagamento por diária, tem um aumento forte no rendimento", disse Azeredo.

O rendimento médio do trabalhador subiu 0,8% em novembro ante outubro, enquanto no grupamento dos serviços domésticos a alta foi de 0,5%. Na comparação com novembro de 2011, a alta nacional foi de 5,3%, enquanto a do grupo de serviços domésticos ficou em 5,7%.

Outros dois grupamentos que tiveram aumento forte na renda média dos trabalhadores em novembro foram a Construção e Serviços prestados a empresas. Na construção, o aumento foi de 3,7% em relação a outubro e de 7,2% ante novembro de 2011. Nos serviços prestados a empresas, a alta foi de 3,3% ante outubro e de 10,6% em relação a novembro do ano passado.

cotações recentes

 
Cotações recentes
Símbolo Preço Variação % Var 
Seus tickers vistos mais recentemente aparecerão aqui automaticamente se você digitou um ticker no campo "Inserir símbolo/empresa" na parte inferior deste módulo.
É necessário permitir os cookies do seu navegador para ver as cotações mais recentes.
 
Entre para ver as cotações nos seus portfólios.

Resumo do Mercado

  • Moedas
    Moedas
    NomePreçoVariação% Variação
    3,2437-0,0168-0,52%
    USDBRL=X
    3,6430-0,0148-0,40%
    EURBRL=X
    0,8906-0,0003-0,03%
    USDEUR=X
  • Commodities
    Commodities
    NomePreçoVariação% Variação

Destaques do Mercado

  • Líderes em Volume
    Líderes em Volume
    NomePreçoVariação% Variação
    13,69+0,26+1,94%
    PETR4.SA
    3,45+0,01+0,29%
    GOAU4.SA
    8,42+0,05+0,60%
    ITSA4.SA
    35,77+0,18+0,51%
    ITUB4.SA
    15,45-0,10-0,64%
    VALE5.SA
  • Altas %
    Altas %
    NomePreçoVariação% Variação
    2,50+0,20+8,70%
    RCSL3.SA
    2,72+0,21+8,37%
    BEES4.SA
    13,30+0,98+7,95%
    ABCB10.SA
    5,26+0,36+7,35%
    ELEK4.SA
    6,89+0,43+6,66%
    PRML9.SA
  • Baixas %
    Baixas %
    NomePreçoVariação% Variação
    0,44-0,24-35,29%
    ALSC1.SA
    2,12-0,28-11,67%
    CTKA4.SA
    4,15-0,35-7,78%
    ENGI3.SA
    20,00-1,66-7,66%
    CHKE34.SA
    13,00-1,00-7,14%
    BRSR5.SA