Renault vê regras trabalhistas na Espanha como modelo

O CEO da Renault, Carlos Ghosnm quer trazer um novo produto espanhol para a França: regras mais flexíveis de trabalho.

Ghosnm realizou um recente acordo com os trabalhadores da Renault na Espanha, o que significou uma referência para a redução de custos na França, onde ele enfrenta negociações sindicais controversas.

"Se chegamos a esse tipo de acordo em um país da Europa, vamos tentar obter o mesmo resultado de uma forma diferente em outro país", disse o CEO em uma entrevista na quarta-feira. Ele acrescentou que não seria possível simplesmente replicar o acordo de Espanha.

Ghosn observou que o governo francês já tomou medidas para reforçar a indústria da França com uma proposta de legislação que pode flexibilizar as regras de trabalho do país.

No ano passado, a Renault fechou um acordo com os sindicatos espanhóis para aumentar a produção e a contratação em troca de regras mais flexíveis de trabalho e a capacidade de contratar novos operários temporários com salários mais baixos. O acordo permite que fábricas trabalhem sete dias por semana e que os aumentos salariais fiquem abaixo da inflação.

As informações são da Dow Jones.

Carregando...