Mercado fechará em 4 h 40 min

Renault Sandero GT Line volta às lojas reestilizado; preços partem de R$ 57.390

br.info@motor1.com (Nicolas Tavares)
Renault Sandero GT Line 2021

Versão aposta em design mais esportivo, sem mexer nos motores 1.0 e 1.6

Ausente na linha do hatchback desde a reestilização, o Renault Sandero GT Line volta a ser oferecido pela fabricante francesa. Assim como foi antes do facelift, a versão tem como destaque o visual esportivado, que só lembra um carro esportivo, mas sem nenhuma alteração na parte mecânica. Será oferecido na versão 1.0 com câmbio manual, por R$ 57.390, e R$ 73.290 na variante com o 1.6 e câmbio automático do tipo CVT.

Para deixar o Renault Sandero GT Line com visual mais invocado, a fabricante usou a versão Zen do hatchback e adicionou aerofólio traseiro, um aplique no para-choque traseiro, máscara negra nas lanternas, retrovisores com capas na cor cinza e faróis de neblina. Do lado de dentro, o que mudou foi o volante em couro e os bancos exclusivos, que usam um novo padrão para o tecido, além de adicionar o bordado com a identidade visual da Renault Sport no encosto de cabeça. Fechando as mudanças está o painel de instrumentos e saídas de ar com detalhes em azul. Tudo foi desenhado pelo estúdio de design da Renault em São Paulo.

Como não tem mudanças mecânicas, o motor 1.0 SCe continua a entregar 82 cv a 6.300 rpm e 10,5 kgfm a 3.500 rpm, sempre com o câmbio manual de 5 marchas. Quem quiser o carro com mais potência pode escolher a variante com o 1.6 SCe de 118 cv a 5.500 rpm e 16 kgfm a 4.000 rpm, neste com a caixa automática do tipo CVT que estreou na reestilização do compacto.

Mais novidades da Renault

Por ser baseado na versão Zen, o Sandero GT Line vem com quatro airbags (frontais e laterais), direção eletro-hidráulica, vidros elétricos, travas elétricas, central multimídia de 7” com Android Auto e Apple CarPlay, Isofix, ar-condicionado, sensor de estacionamento traseiro, computador de bordo e volante multifuncional. A versão 1.0 usa rodas de liga leve de 15”, com a possibilidade de pagar R$ 900 para equipar o carro com rodas de 16” e bancos exclusivos. Já a versão 1.6 vem com esses itens de série e adiciona retrovisores elétricos.

Fotos: divulgação