Mercado fechado

Renault investirá R$2 bi em fábrica no Paraná

Renault

SÃO PAULO (Reuters) - A Renault investirá 2 bilhões de reais em seu complexo industrial em São José dos Pinhais, no Paraná, para a produção de uma nova plataforma, um novo SUV e de um novo motor 1.0 turbo, disse a montadora na quinta-feira.

O anúncio dessas medidas havia sido feito em março, mas a Renault não tinha divulgado valor do investimento. O ciclo mais recente de investimentos da montadora no país havia sido anunciado em março de 2021 e englobado 1,1 bilhão de reais.

Parte do investimento anunciado na véspera será utilizada para a produção de uma nova plataforma, a CMF-B, que "permite a chegada de novos produtos no futuro bem como uma eventual eletrificação".

Os investimentos fazem parte do plano estratégico mundial da montadora chamado "Renaulution", que prevê "a mudança da estratégia do Renault Group de volumes para valor".

"Esta é uma importante fase para a Renault na América Latina, pois estamos nos preparando para lançar novos produtos e motores para os nossos clientes com a melhor tecnologia mundial do Renault Group", disse Luiz Fernando Pedrucci, presidente da Renault América Latina, em comunicado no site da montadora.

Metalúrgicos na planta em São José dos Pinhais ficaram em greve por 16 dias em maio por causa de disputa envolvendo cláusula de participação nos lucros e resultados.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba (SMC), a Renault emprega cerca de 5 mil trabalhadores no local, que produzem os modelos Duster, Captour, Kwid, Sandero, Logan, Oroch e Master, além de motores.

(Por Andre Romani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos