Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.735,01
    -3.050,99 (-2,75%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.020,05
    -278,15 (-0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,57
    +0,07 (+0,08%)
     
  • OURO

    1.786,10
    +4,20 (+0,24%)
     
  • BTC-USD

    62.789,91
    -3.045,19 (-4,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.492,41
    -42,24 (-2,75%)
     
  • S&P500

    4.549,78
    +13,59 (+0,30%)
     
  • DOW JONES

    35.603,08
    -6,26 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.190,30
    -32,80 (-0,45%)
     
  • HANG SENG

    26.017,53
    -118,49 (-0,45%)
     
  • NIKKEI

    28.655,96
    -52,62 (-0,18%)
     
  • NASDAQ

    15.415,00
    -63,75 (-0,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5821
    +0,0011 (+0,02%)
     

Renato vê méritos do Grêmio em vitória sobre o Flamengo e explica saída de Everton Ribeiro

·2 minuto de leitura


Neste domingo, no Maracanã, o Flamengo não repetiu o bom desempenho que vinha tendo sob o comando de Renato Gaúcho e foi derrotado pelo Grêmio por 1 a 0, na 21ª rodada do Brasileirão. Após o jogo - que deixou o time mais longe de Atlético-MG e Palmeiras na tabela -, o treinador buscou dar as explicações.

- Nem sempre vamos desempenhar o futebol que sabemos. No outro jogo, estivemos da mesma forma e vencemos. Digo isso desde o primeiro dia. Todos jogam uma Copa do Mundo contra o Flamengo. Todos querem tirar pontos de nós. É o segundo jogo sob meu comando que não fazemos gol. É uma decisão a cada jogo, não faltou luta. Todos se entregaram, mas sabíamos que seria difícil. O Grêmio se doou, correu e foi mais feliz fazendo o gol nos acréscimos do primeiro tempo - afirmou o técnico do Flamengo, ainda no Maracanã.

Agora, o Flamengo volta as suas atenções para a disputa da semifinal da Copa Libertadores. Na quarta-feira, no Maracanã, recebe o Barcelona de Guayaquil (EQU) no jogo de ida. A volta será em 29 de setembro, no Estádio Monumental.

+ Veja a tabela do Brasileirão e simule os resultados dos jogos

De acordo com o treinador, algumas opções feitas neste domingo já foram pensando na partida de quarta, como a substituição de Everton Ribeiro e a entrada de Bruno Henrique, que voltou a atuar pelo time após três semanas.

- O treinador sempre procura o melhor para a equipe. Estávamos perdendo o jogo, coloquei o Bruno já como um teste para quarta. Deixamos Pedro e Gabi para empurrar a zaga. Eu não gosto de tirar o Everton, mas as pessoas não entendem e não têm acesso. O Everton não era nem para ter jogado. Está com um problema na perna. Disse que poderia jogar 45, mais, no máximo, mais alguns minutos. Colocamos porque é sempre uma decisão. E é por isso que saiu. Tem um jogo decisivo na quarta-feira. Temos problemas com Arrascaeta, com o Filipe. Por isso foi substituído naquele momento. Já estava combinado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos