Mercado fechado

Remake de Resident Evil 3 pode ser lançado já em 2020

Felipe Demartini

O remake de Resident Evil 3 pode chegar mais cedo do que muita gente espera: já em 2020. Pelo menos é isso o que afirmam as novas informações que começaram a circular nesta semana e foram corroboradas por veículos da imprensa internacional de jogos. O game estaria sendo desenvolvido já há algum tempo, com a Capcom bem disposta a capitalizar com o sucesso recente de Resident Evil 2 Remake.

As informações, obviamente não confirmadas oficialmente, foram ventiladas inicialmente pelo youtuber SpawnWave, que teria um bom histórico de vazar informações certeiras antes da hora. Mais tarde, o site Eurogamer também confirmou ter ouvido sobre o desenvolvimento do projeto, mas não deu mais informações sobre o assunto.

SpawnWave ainda joga a hipótese de que o remake de Resident Evil 3 pode ser anunciado já nas próximas semanas, mais especificamente durante a cerimônia do The Game Awards. O evento acontece no dia 12 de dezembro e, inclusive, tem o remake do segundo jogo da série de terror como um dos destaques, indicado a Melhor Jogo de 2019 e outras categorias principais.

Uma previsão mais acertada, entretanto, seria a E3 2020, o que também seguiria um padrão recente utilizado pela Capcom. Resident Evil 7 foi anunciado na feira em 2016, com o remake recente ganhando vida no evento de 2018, ambos na conferência da Sony. Com a chegada da nova geração, é bastante provável que a fabricante tenha uma apresentação no evento, então as coisas se encaixam.

Mas aqui, claro, estamos falando apenas de especulações, com a Capcom não se pronunciando oficialmente sobre o assunto. Palavras oficias sobre novos remakes já foram ditas pela empresa, que, em uma apresentação de mercado a analistas e investidores, disse que novas versões de games antigos podem ser feitas caso Resident Evil 2 acumulasse um bom total de vendas.

É hora de ligar os pontos, pois foi exatamente isso o que aconteceu. De acordo com os relatórios fiscais mais recentes, o remake do segundo game da série vendeu 4,7 milhões de unidades desde seu lançamento, em janeiro de 2019, tornando-se o oitavo game mais vendido da história da Capcom. Levando em conta a influência de Resident Evil 3 e a memória afetiva em torno do game, não é nada absurdo imaginar que a expectativa é de sucesso semelhante.

O terceiro game da série foi lançado originalmente em 1999 para o PlayStation, ganhando também versões posteriores para o PC, Dreamcast e GameCube. O game narra a fuga de Jill Valentine, personagem do primeiro game da série, de uma cidade completamente tomada por zumbis, enquanto é caçada por Nemesis, uma criatura programada, justamente, para acabar com as testemunhas dos incidentes biológicos da Umbrella.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: