Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.759,11
    -1.432,12 (-3,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Relativity Space revela foguete reutilizável e impresso em 3D

·2 minuto de leitura
Relativity Space revela foguete reutilizável e impresso em 3D
Relativity Space revela foguete reutilizável e impresso em 3D

A empresa espacial Relativity Space revelou que vai lançar seus satélites em um foguete totalmente reutilizável e 100% impresso em 3D. Se tudo correr como o planejado, a startup do sul da Califórnia deve ter seus primeiros equipamentos em órbita já em 2024. Batizado de Terran R, o foguete de dois estágios é a chave para os planos da empresa, que incluem ajudar na colonização de Marte.

“Terran R está na vanguarda da inovação e design de foguetes”, disse o vice-presidente sênior de engenharia e fabricação da Relativity Space, Zach Dunn, ao Space.com. “O Terran R será bem adequado para atender às necessidades em evolução dos clientes na grande indústria de constelações de satélites, ao mesmo tempo que representa um salto significativo em direção à nossa missão de construir a base industrial da humanidade fora da Terra”.

Leia mais:

De acordo com representantes da empresa, o Terran R terá 66 m de altura por 4,9 m de largura, com capacidade para carregar mais de 20.000 kg. Sua capacidade de carga útil é próxima à do Falcon 9, da SpaceX, um dos pioneiros da tecnologia de reutilização de foguetes. Um deles, conhecido como B1051, foi lançado e pousou pela décima vez no mês passado.

Um passo além

Porém, a Relativity Space quer levar esta tecnologia para outro nível, com um veículo além de reutilizável, totalmente impresso em 3D. “Há uma relação orgânica entre impressão 3D e capacidade de reutilização, e isso nos dá uma vantagem incomparável para projetar o melhor foguete totalmente reutilizável possível”, disse o co-fundador e CEO da Relativity Space, Tim Ellis, ao Space.com.

Os planos de desenvolvimento do Terran R não são exatamente novos, mas só ganharam força e tiveram seu desenvolvimento acelerado no ano passado, após uma injeção de US$ 650 milhões (R$ 3,27 bilhões) por parte de um investidor.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!