Mercado fechado

Relatório Focus mostra mais inflação em 2021

·2 minuto de leitura

Com mais pressão dos preços, outros indicadores sofreram correções. O dólar subiu dos R$ 5,20 para R$ 5,25 enquanto a Selic para 2022 registrou alta de 8,5% para 8,75% ao ano.

Os preços vêm subindo

A inflação medida pelo IPCA vem sofrendo bastante com a alta dos preços. Se por um lado o ferro registrou grande depreciação, do outro os combustíveis vêm influenciando bastante os preços.

Semana passada a Petrobras passou mais um aumento referente à gasolina e o gás de cozinha. Ambos os produtos sofreram com um aumento de 7,2% da Petrobras junto às refinarias.

Com isso toda a economia recebe o impacto e repassa à alta dos preços para aqueles que fazem parte da cadeia, como é o caso das empresas de transporte, restaurantes, autônomos, prestadores de serviços e demais.

O que fazer com os investimentos?

Com mais expectativas sobre a inflação e o juro, o negócio é ficar atento sobre a Selic. Investir em produtos atrelados ao CDI e a própria Selic são boas alternativas.

O Tesouro Selic e os CDBs com liquidez diária são boas opções de investimentos. Além da liquidez, a rentabilidade estará atraente.

Desse modo os recursos aplicados rendem bons ganhos e ainda estão prontos para serem utilizados em outras oportunidades.

Como há expectativa para um dólar maior, o USD/BRL também é interessante. Na segunda-feira o dólar registrou alta de 0,45% cotado a R$ 5,54.

Já o EUR/USD teve queda de 0,12%, cotado a 1,16 dólares, enquanto o USD/CNY marcou ligeira alta de 0,14% cotado a 6,45 Yuan.

Diferente do Euro ou do Yuan, o Real é uma moeda muito volátil. Questões políticas e até de contexto nacional, como nossa própria economia influenciam na sensibilidade maior do Real, além, do cenário de inflação no mundo.

Com a alta dos combustíveis e sinais relevantes de crise na China, por exemplo, o Real vem enfrentando bastante volatilidade.

Mas ainda sim, é importante pontuar que outras divisas da América do Sul também bem experimentando certa volatilidade e vem performando pior do que o Real, como é o caso do USD/ARS que vem se valorizando em mais de 17% em 2021 e o USD/CHI que vem ganhando quase 16% em 2021.

Comparado a moedas mais estáveis, o Real vem obtendo uma performance pior, mas comprado a pares regionais, o Real vem conseguindo se manter mais estável.

De qualquer forma, fundos cambiais em dólar podem ser uma boa solução para parcela menor do patrimônio, ainda mais quando há possibilidade de alta do juro nos Estados Unidos no médio a curto prazo.

A redução de liquidez norte-americana possivelmente vai impactar o mundo como um todo.

This article was originally posted on FX Empire

More From FXEMPIRE:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos