Relatório sobre estoques faz petróleo subir mais em NY

Os contratos futuros de petróleo acentuaram suas altas após o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) do governo dos Estados Unidos reportar uma queda inesperada nos estoques na semana passada.

Os estoques de petróleo bruto dos EUA caíram 951 mil barris na semana encerrada em 11 de janeiro, para 360,302 milhões de barris. Analistas consultados pela Dow Jones previam alta de 2,1 milhões de barris. Os estoques de gasolina, por sua vez, aumentaram 1,91 milhão de barris, para 234,995 milhões de barris, ante estimativa de alta de 2,3 milhões de barris. E os estoques de destilados subiram 1,686 milhão de barris, para 132,43 milhões de barris, ante estimativa de acréscimo de 1,3 milhão de barris.

Segundo Andrew Lebow, vice-presidente sênior de futuros de energia da Jefferies Bache, os ganhos do petróleo após o DoE parecem exagerados. "Os números não foram tão bons assim, mas se o petróleo conseguir fechar a sessão no nível atual, será um bom indício", comenta.

Por volta das 14h45 (horário de Brasília), o contrato de petróleo para fevereiro ganhava 0,90%, a US$ 94,11 o barril. Já na plataforma eletrônica ICE o contrato do petróleo do tipo Brent para fevereiro avançava 0,25%, a US$ 109,90. As informações são da Dow Jones.

Carregando...