Mercado fechará em 1 h 36 min
  • BOVESPA

    122.151,00
    +1.802,20 (+1,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.221,98
    +329,70 (+0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,16
    -0,20 (-0,38%)
     
  • OURO

    1.836,70
    +6,80 (+0,37%)
     
  • BTC-USD

    35.788,23
    -270,66 (-0,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    697,65
    -37,49 (-5,10%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,24 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.720,65
    -15,06 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    28.862,77
    +288,91 (+1,01%)
     
  • NIKKEI

    28.242,21
    -276,97 (-0,97%)
     
  • NASDAQ

    12.808,50
    +6,25 (+0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3613
    -0,0313 (-0,49%)
     

Relatório da Cirium revela: 21 anos de crescimento no tráfego de passageiros das companhias aéreas dizimados em 2020 Cirium Report Reveals

·7 minuto de leitura
  • O tráfego aéreo global de passageiros caiu cerca de 67% este ano em relação a 2019 e se viu reduzido aos níveis de 1999

  • As restrições de viagens para conter a COVID-19 obrigaram as companhias aéreas a reduzir os voos em 49% – de 33,2 milhões em 2019 a 16,8 milhões em 2020

  • Apenas 3,8 milhões foram voos internacionais em 2020; 77% de todos os voos foram domésticos

  • 30% da frota comercial mundial continua parada

A empresa global de dados de aviação Cirium lançou hoje seu novo Airline Insights Review 2020 [Balanço de informações sobre companhias aéreas 2020], que revela o grande impacto na aviação das restrições de viagens no mundo todo para conter a COVID-19.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20201229005259/pt/

Cirium has today revealed a new 2020 review of aviation and air travel. The review includes key data insights from the past year and expert commentary from Cirium CEO, Jeremy Bowen, Henry Harteveldt, Dr. Mario Hardy and more. (Graphic: Business Wire)

O relatório mostra que a pandemia e suas consequências acabaram com 21 anos de crescimento do tráfego aéreo global de passageiros em questão de meses, reduzindo o tráfego este ano aos níveis vistos pela última vez em 1999. Em comparação com o ano passado, estima-se que o tráfego de passageiros caiu 67% em 2020.

No pico da interrupção, em abril, os voos regulares de passageiros diminuíram significativamente a nível mundial, para apenas 13,6 mil em 25 de abril, em comparação com o dia mais movimentado do ano, em 3 de janeiro, quando a Cirium registrou mais de 95 mil voos regulares de passageiros ao redor do planeta. Isso marca uma redução extraordinária de 86% nos voos.

De janeiro a dezembro de 2020, as companhias aéreas operaram 49% menos voos em comparação com 2019 – de 33,2 milhões de voos a apenas 16,8 milhões (até 20 de dezembro).

As viagens domésticas caíram 40% neste ano, de 21,5 milhões de voos em 2019, enquanto os voos internacionais sofreram uma queda ainda mais abrupta, pois ficaram 68% abaixo dos 11,7 milhões de voos registrados no ano anterior.

Jeremy Bowen, CEO da Cirium, disse: "Este grande revés mostra a verdadeira extensão do desafio enfrentado pelo setor de aviação na busca de se redefinir na nova era pós-COVID-19".

"Enquanto no ano passado estávamos comemorando o desempenho pontual das operadoras globais, este ano é dramaticamente diferente. A maioria das companhias aéreas foi pontual em 2020; é uma pena que o público que viaja, as companhias aéreas e as empresas de aviação do mundo inteiro não tenham se beneficiado disso."

"Os fatores que geralmente causam atrasos, como é o caso do espaço aéreo congestionado, das pistas de taxiamento e de conexão tardia de passageiros simplesmente não existiram em 2020."

O Airline Insights Review 2020 substitui o On-Time Performance Review anual, ambos da Cirium, que, por mais de uma década, identificou as melhores companhias aéreas e aeroportos do mundo para operações de voos pontuais.

NOVO BALANÇO DE INFORMAÇÕES SOBRE AS COMPANHIAS AÉREAS: VOOS DIMINUÍRAM DRASTICAMENTE

Os números do tráfego aéreo global de passageiros revelam uma queda de mais de dois terços (67%) em relação ao ano anterior, com a Ásia-Pacífico continuando a lidar com mais de um terço do tráfego mundial de passageiros.

A maioria dos voos regulares de passageiros realizados este ano foram domésticos – totalizando 13 milhões (77%) –, com apenas 3,8 milhões (23%) de voos internacionais, devido às fronteiras fechadas e viagens de negócios limitadas.

A análise de dados da Cirium registrou que a Southwest Airlines opera a maioria dos voos a nível mundial (e na América do Norte), com 854,8 mil voos no total. Enquanto isso, a China Southern Airlines (487,7 mil voos) liderou a classificação na Ásia-Pacífico, a Ryanair na Europa (205 mil voos), a Azul na América Latina (134 mil voos) e a Qatar Airways (82,4 mil voos) no Oriente Médio e África.

Em terra, Atlanta foi o aeroporto mais movimentado do mundo, com mais de 245 mil voos de chegada em 2020, enquanto a rota aérea mais movimentada do mundo em ambas as direções esteve dentro da Coreia do Sul, entre Seul e a Ilha de Jeju, com 70,7 mil voos operados.

O planejamento das companhias aéreas foi drasticamente reduzido: de seis a 12 meses na programação de voos para apenas seis a oito semanas – forçando as companhias aéreas a serem mais ágeis e se adaptarem com maior velocidade às regras e restrições de viagens que mudam rapidamente ao redor do mundo.

FROTAS NOS HANGARES (MAS NÃO O A320)

Como as companhias aéreas foram forçadas a reduzir drasticamente o número de aeronaves em serviço, as que ainda voam estão operando significativamente menos horas.

Por exemplo, aeronaves de fuselagem estreita operaram apenas de seis a sete horas por dia no terceiro trimestre de 2020 em comparação com nove a 10 horas por dia no mesmo período do ano passado.

Embora até 30% da frota comercial mundial continue parada, há sinais de recuperação, com apenas 10% dos Airbus A320neo de curta distância atualmente nos hangares, mostrando que as aeronaves de fuselagem estreita estão liderando a recuperação e retornando a viagens domésticas e de curta distância primeiro.

Com os serviços domésticos e de curta distância dominando o dia, o tipo de aeronave mais usado do mundo foi o Airbus A320, com a Cirium registrando 5,49 milhões de voos ao longo de 2020.

SETE TENDÊNCIAS IDENTIFICADAS PELA CIRIUM

"As companhias aéreas terão um longo caminho antes de retornar aos níveis de 2019, especialmente porque as viagens internacionais estão significativamente em baixa e mostram sinais lentos de recuperação, principalmente na China e no Sudeste Asiático", acrescentou Jeremy Bowen.

"Mas a Cirium está confiante de que a aviação vai resistir a este ano difícil e terrível e emergir em melhor forma – com aeronaves mais jovens e mais eficientes em termos de combustível e frotas do tamanho adequado – para navegar gradualmente rumo à recuperação nos próximos anos."

As sete tendências principais delineadas pelo Airline Insights Review 2020 da Cirium para o próximo ano incluem:

  1. A consolidação de companhias aéreas, especialmente na Ásia-Pacífico, onde mais concorrentes domésticos serão fundidos ou adquiridos.

  2. Aeronaves de nova geração, como o A320neo e o retorno do 737 Max, proporcionarão custos operacionais reduzidos.

  3. As aeronaves excedentes serão aposentadas e o Boeing 747 e o Airbus A380 são projetados para suportar a crescente demanda nos mercados de lazer com mais volume.

  4. No quarto trimestre, vimos uma queda de 78% nas reservas em comparação com o mesmo período do ano passado – isso mudará naturalmente a forma como a indústria prevê a demanda. Estamos vendo a pesquisa on-line e o sentimento se tornarem os principais indicadores para calcular a demanda.

  5. As companhias aéreas precisarão implementar um cronograma mais dinâmico com o aumento da volatilidade do cronograma de voos, já que a janela de reservas caiu de seis a 12 meses para apenas seis a oito semanas.

  6. A implementação da tecnologia de IA será acelerada para automatizar a experiência do viajante e as informações proativas em tempo real serão ainda mais importantes.

  7. O leasing de aeronaves ultrapassará os 50%, tornando-se a principal forma de financiamento das aeronaves.

Para ler o Airline Insights Review 2020 da Cirium na íntegra, clique aqui.

Bowen agradeceu aos membros da diretoria da OTP, composta por Henry Harteveldt do grupo Atmosphere Research e o Dr. Mario Hardy da Pacific Asia Travel Association (PATA) por seus insights e contribuições para o Airline Insight Review 2020.

Para mais informações, acesse www.cirium.com e acompanhe as novidades da Cirium no LinkedIn e Twitter.

Sobre a Cirium

A Cirium reúne dados e análises poderosos para manter o mundo em movimento. Ela oferece insights criados a partir de décadas de experiência no setor, permitindo que as empresas de viagens, fabricantes de aeronaves, aeroportos, companhias aéreas e instituições financeiras, entre outros, tomem decisões lógicas e informadas que moldam o futuro das viagens, aumentando as receitas e melhorando as experiências dos clientes. A Cirium faz parte da RELX, um fornecedor mundial de análises baseadas em informações e ferramentas de decisão para clientes profissionais e empresariais.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20201229005259/pt/

Contacts

Assessoria de Imprensa
No Reino Unido: Paul Charles / Michael Johnson / Balint Brunner da The PC Agency – cirium@pc.agency ou +44 207 768 0001
Nas Américas: Mike Arnot da Juliett Alpha – cirium@juliettalpha.com
Na Ásia-Pacífico: Tracy Cheung da Cirium – tracy.cheung@cirium.com