Mercado fechado

Reino Unido estuda novo pacote de estímulos à economia, diz Johnson

·1 minuto de leitura

Primeiro-ministro defendeu a proposta nesta quarta-feira, em discurso à Câmara dos Comuns O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse nesta quarta-feira que está considerando lançar um novo pacote de estímulos à economia nos próximos meses. Em discurso à Câmara dos Comuns, ele afirmou que o pacote deverá promover a criação de empregos, mas não prometeu estender o programa de proteção de empregos que termina no fim de outubro. Antes do pronunciamento de Johnson, o jornal “Financial Times” revelou que o ministro das Finanças, Rishi Sunak, está trabalhando em uma reformulação do atual esquema de proteção de empregos durante a pandemia. O Reino Unido já gastou 39 bilhões de libras no programa, que atualmente beneficia 3 milhões de pessoas. Pippa Fowles / 10 Downing Street Na terça-feira, o premiê anunciou novas medidas para combater um segundo surto de covid-19 no Reino Unido e sugeriu que elas podem ficar em vigor por seis meses. Entre outras coisas, o governo britânico suspendeu os planos para incentivar a volta do trabalho presencial e determinou que pubs e restaurantes fechem às 22h. Ao falar sobre o possível novo pacote de estímulos nesta quarta-feira, Johnson afirmou que muitas empresas estão enfrentando circunstâncias muito difíceis. “É por isso que estamos olhando agora para um grande pacote de investimento em empregos e crescimento a curto, médio e longo prazo”, disse.