Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,26 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,77 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -0,21 (-0,23%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +3,40 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    24.339,64
    -154,19 (-0,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,35 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,22 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,68 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +2,25 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2028
    -0,1209 (-2,27%)
     

Rehn, do BCE, diz que Itália pode enfrentar período difícil pela frente

Presidente do BC da Finlândia, Olli Rehn

HELSINQUE(Reuters) - A Itália pode ser particularmente afetada com força pela crise energética europeia na esteira da turbulência política no país, disse o membro finlandês do Banco Central Europeu (BCE) durante uma discussão em um painel na sexta-feira.

"O ex-presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, trouxe uma estabilidade muito necessária, perseverança e firmeza para as tomadas de decisões na Itália", disse Rehn um dia depois que o presidente italiano rejeitou a renúncia do primeiro-ministro Draghi.

"Pode ser que nós vejamos um período muito difícil na Itália", acrescentou Rehn.

Ele também disse que está "claro" que o mandato do BCE é de estabilidade de preços "e nós agimos de acordo e enfatizamos que cada Estado da zona do euro tenha sua própria responsabilidade pela sua economia e política econômica."

Rehn acredita que o BCE deve elevar os juros em 0,25 ponto percentual na próxima semana e em 0,50 ponto em setembro.

(Reportagem por Essi Lehto)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos