Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    17.030,92
    +89,03 (+0,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

“Reguladores são amigos das criptomoedas”, diz diretor do FMI

Fundo Monetário Internacional (FMI).
Fundo Monetário Internacional (FMI).

Segundo Dong He, Diretor Adjunto do Departamento de Mercado Monetário e de Capitais do FMI, os reguladores são amigos das criptomoedas e a indústria deve aproveitar isso.

Sua fala aconteceu nesta terça-feira (1º) durante o Hong Kong Fintech Week 2022, evento marcado pela mudança de pensamento do governo local sobre as criptomoedas, registrado pelo portal Forkast.

Já nesta segunda-feira (31), Mohamed A. El-Erian, ex-CEO da PIMCO, comentou que o futuro do Bitcoin e outras criptomoedas está nas mãos dos reguladores. Portanto, o assunto é de extremo interesse dos investidores.

“Trabalhe com reguladores”, diz FMI

Apesar de comentar que a regulamentação pode ajudar a indústria das criptomoedas, o portal Forkast comenta que Dong He do Fundo Monetário Internacional (FMI) não deu muitos exemplos de como o setor poderia se beneficiar. Sendo assim, as falas do diretor do FMI parecem mais uma ameaça para que o setor se mantenha detro da lei.

“Os reguladores são amigos das criptomoedas, trabalhe com reguladores e a regulamentação será boa para o seu futuro.”

Seguindo, He também afirmou que a regulamentação será “proporcional aos riscos”. Ou seja, é possível que alguns serviços sejam enquadrados em marcos regulatórios semelhantes aos de bancos, principalmente stablecoins, justamente por oferecer, de certa forma, custódia de dinheiro aos seus clientes.

Finalizando, o diretor do FMI também notou que todos provedores de serviços críticos precisarão de licenças para atuar. Entretanto, não fica claro se isso se aplica ao crescente setor de DeFi ou como isso será feito e quais serão as suas consequências.

Se não pode derrotá-los, junte-se a eles

No ano passado, muitas empresas ligadas às criptomoedas abandonaram Hong Kong após a região mostrar-se hostil à indústria. Entretanto, agora seus planos envolvem adotar as criptomoedas enquanto planejam lançar a sua própria moeda digital, o e-HKD.

Em outras palavras, governos não conseguiram acabar com as criptomoedas e agora estão querendo aproveitar o sucesso das mesmas, seja pela criação de empregos como pela coleta de impostos.

Por outro lado, legisladores estão tentando aplicar as mesmas táticas, tentando convencer a indústria que é inútil lutar contra eles. Entretanto, alguns gigantes como Vitalik Buterin argumentam que regulamentação pode significar o fim da inovação.

Por fim, não há duvidas que as criptomoedas serão cada vez mais regulamentadas, sem brechas. A dúvida é como isso será feito e quais serão as consequências.

Fonte: Livecoins

Veja mais notícias sobre Bitcoin. Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.