Mercado fechará em 3 h 11 min

Reguladores financeiros dos EUA devem se reunir na 4ª para discutir coronavírus, dizem fontes

Por Chris Prentice e Pete Schroeder

Por Chris Prentice e Pete Schroeder

WASHINGTON (Reuters) - As principais autoridades regulatórias dos Estados Unidos devem discutir as implicações econômicas e o impacto no mercado financeiro de uma possível pandemia de coronavírus em uma reunião de seu painel de ameaças sistêmicas, na próxima quarta-feira, disseram três fontes à Reuters.

É provável que o impacto em torno da rápida disseminação do coronavírus esteja na agenda da reunião de nível adjunto do Conselho de Supervisão de Estabilidade Financeira, que havia sido marcada antes da recente expressiva liquidação nas bolsas de valores, disseram as fontes.

O conselho, liderado pelo Departamento do Tesouro e composto por importantes reguladores financeiros, incluindo o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), tem a tarefa de identificar e monitorar riscos à estabilidade financeira dos EUA.

O conselho tem reuniões regulares para garantir que as agências encarregadas da supervisão dos diferentes mercados permaneçam em contato.