Mercado fechado

Reguladores dos EUA vão analisar queixa da Qualcomm sobre patentes de iPhone

iPhone 7 diante de projeção do logo da Apple 1/02/2017 REUTERS/Regis Duvignain

WASHINGTON (Reuters) - Autoridades comerciais norte-americanas decidiram investigar as alegações da Qualcomm de que a Apple infringiu patentes com o iPhone 7 e outros dispositivos, disse a Comissão de Comércio Internacional dos Estados Unidos (ITC, na sigla em inglês) nesta terça-feira.

O ITC tomará uma decisão "o mais cedo possível" e definirá um prazo para completar sua investigação nos próximos 45 dias, informou a Comissão em comunicado.

A Qualcomm apresentou queixa no início de julho, solicitando aos reguladores que barrem certos modelos do iPhone que contêm os chamados chips de modem de banda larga, que ajudam os telefones a se conectarem às redes de dados sem fio, que não foram feitos pela Qualcomm. A Apple começou a usar chips de modem de banda larga feitos pela Intel Corp no iPhone 7.

A Qualcomm não alegou que os chips da Intel violam suas patentes, mas disse que a forma como a Apple os usa sim.

Apple, Intel e Qualcomm não responderam aos pedidos de comentário.

(Por Susan Heavey e Stephen Nellis)