Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,44 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,75 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    -1,49 (-1,83%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.278,97
    -56,42 (-0,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,10 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,96 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,84 (-1,83%)
     
  • NASDAQ

    11.058,25
    -170,00 (-1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3079
    +0,0099 (+0,19%)
     

Reguladores dos EUA consideram novas regras para bancos regionais em tempos de crise, diz o WSJ

(Reuters) - Um grupo de reguladores bancários nomeados pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, está considerando novas regras que exigirão que os grandes bancos regionais incorporem medidas de mitigação de impacto para serem usadas em tempos de crise, informou o Wall Street Journal neste domingo.

As novas medidas incluem o levantamento de dívidas de longo prazo que ajudarão a absorver perdas em casos de insolvência, informou o jornal, citando três pessoas familiarizadas com o assunto.

A reportagem do WSJ é publicada mais de uma semana depois que o chefe do Federal Reserve dos EUA, Michael Barr, disse que em breve poderá haver regras mais duras sobre grandes credores regionais após a conclusão de uma revisão "holística" dos requisitos de capital dos bancos.

(Por Rachna Dhanrajani, em Bengaluru)