Mercado abrirá em 7 h 51 min
  • BOVESPA

    113.812,87
    +105,11 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.729,80
    -4,24 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,12
    -0,38 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.766,20
    -5,00 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    22.804,26
    -604,63 (-2,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    542,15
    -15,58 (-2,79%)
     
  • S&P500

    4.283,74
    +9,70 (+0,23%)
     
  • DOW JONES

    33.999,04
    +18,72 (+0,06%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.852,92
    +89,01 (+0,45%)
     
  • NIKKEI

    28.938,23
    -3,91 (-0,01%)
     
  • NASDAQ

    13.491,50
    -31,75 (-0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2115
    -0,0023 (-0,04%)
     

RegTechs chegaram para auxiliar empresas a conquistarem seus mercados

Acompanhando as constantes mudanças da revolução tecnológica, as RegTechs (Regulatory Technology), surgiram para desenvolver soluções capazes de otimizar a execução de processos e resolver problemas gerados pelas exigências cada vez maiores de regulamentação.

E quando falamos sobre regulamentação, é claro que não podemos deixar o compliance de fora. Afinal, ninguém quer que a sua empresa esteja relacionada a casos de escândalos de corrupção e vazamentos de dados, por exemplo. Desta forma, observamos um aumento na quantidade de organizações que vêm incluindo práticas de compliance para mapear riscos e desenvolverem processos para que todos da companhia estejam na mesma página de boas práticas.

Esse processo pode demandar bastante tempo, energia e necessidade de mão de obra e equipe — uma das principais queixas de empresários que ainda consideram o compliance um custo desnecessário, já que não impacta diretamente nos resultados decorrentes do core business da empresa. No entanto, entende-se que a implementação de políticas de compliance e regulamentação é um investimento imprescindível para que qualquer empresa reforce a confiança do mercado em seu negócio, gerando mais valor.

O cenário para RegTechs

Diante deste cenário, companhias podem acelerar suas demandas com o apoio das RegTechs, com recursos de Inteligência Artificial (IA) e Mineração de Dados, capazes de analisar de forma rápida um grande volume de dados, analisando riscos e, consequentemente, oferecendo agilidade na prevenção de qualquer irregularidade.

Nos últimos cinco anos, startups do ramo de RegTechs receberam investimentos de mais de 100 milhões de dólares, segundo uma pesquisa recente da KPMG, o que evidencia uma alta na procura dessas soluções para o mercado empresarial.

Para além da importância do compliance, que é indiscutivelmente crucial para o bom andamento de qualquer negócio, é importante destacar que a tecnologia veio para transformar essa área - ainda negligenciada - em um investimento menos oneroso. Assim, sobra mais tempo para direcionar a equipe para tarefas mais estratégicas e inteligentes para o desenvolvimento do negócio. Aqueles que optarem por utilizar as RegTechs para aprimorar programas de compliance notarão um dia a dia mais fluido, organizado e eficiente

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos