Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.136,02
    -369,27 (-0,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Regras de mineração submarina da ONU não devem estar prontas até 2023

·1 min de leitura
Nódulo polimetálico é exposto durante convenção em Toronto

Por Helen Reid

JOHANESBURGO (Reuters) - Os regulamentos para a mineração em águas profundas exigirão mais tempo para serem finalizados devido à pandemia global, disse um grupo de países latino-americanos, criando incerteza para as empresas que pretendem procurar metais como cobalto e níquel no leito marítimo.

As negociações atrasadas também criam uma possível dificuldade para empresas que buscam financiamento de investidores para tal prospecção.

A Agência Internacional das Nações Unidas para o Leito Marítimo (ISA) está trabalhando em regras globais que cobrem a mineração no leito marítimo, que não é permitida até os regulamentos serem finalizados.

O pequeno Estado de Nauru, no Pacífico, tentou acelerar o processo determinando em junho um prazo de dois anos para as regras serem formuladas. Nauru é um Estado patrocinador da Nauru Ocean Resources Inc (Nori), uma subsidiária da empresa de mineração The Metals Co.

A Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) disse que "nenhum progresso tangível foi obtido" para a adoção de regulamentos e diretrizes para a mineração em uma solicitação de 13 de outubro e publicada no site da ISA nesta quinta-feira.

A ISA não respondeu de imediato a um pedido de comentário.

A Celac, uma de vários grupos regionais integrantes da ISA, disse que o Conselho da ISA pode não ser capaz de finalizar e adotar os regulamentos exigidos dentro do período de dois anos, acrescentando que as delegações estão longe de se entender em questões centrais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos