Mercado abrirá em 1 h 13 min

Registro de duas novas patentes revelam chegada de celular dobrável da Xiaomi

Claudio Yuge

A Xiaomi se mantém entre as primeiras posições no mercado de smartphones e, para continuar essa escalada, precisa acompanhar os produtos premium que as concorrentes vêm lançando. Para isso, a marca precisa lançar quanto antes um rival para os dobráveis da Samsung e da Huawei.

Havia planos para a estreia de um telefone dobrável da chinesa para o final de 2019, mas isso não aconteceu. Agora, dois novos registros de patentes mostram que a chegada desse dispositivo está próxima e com a promessa de diferenciais interessantes.

O primeiro aparelho se parece um pouco com o Huawei Mate X, com a dobradiça no meio do painel e as faces funcionais para o lado de fora. Assim, ambas as telas se parecem com um smartphone tradicional e, quando abertas, podem ser usadas como um tablet de 8 polegadas. O detalhe fica por conta das câmeras, dispostas de forma bem mais discretas do que no Mate X.

Patento do suposto dobrável da Xiaomi / Imagem: Reprodução/Android Headlines

O segundo dispositivo segue uma linha mais parecida com o Motorola Razr 2019, com painéis mais estreitos e compridos, bordas laterais finas e dobradura na forma de concha. As câmeras são dispostas na vertical e o design não favorecer o tamanho de um tablet quando o telefone está aberto. Ser dobrável, vale lembrar, seria apenas para que o usuário possa ter sempre duas telas à disposição, e não um display maior.

Segundo conceito do próximo dobrável da Xiaomi / Imagem: Reprodução/Android Headlines

Entre as duas opções, a primeira seria muito mais apropriado pela atual demanda. Vale destacar que gigantes de tecnologia costumam cadastrar várias patentes, e isso não significa que elas realmente vão se concretizar no mercado. O jeito é aguardar mais um pouco. A chinesa pode apresentar a novidade no Mobile World Congress 2020, que acontece em Barcelona, em fevereiro.


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: