Região Norte cresce 9,9% em 2010 ante 2009, diz IBGE

A Região Norte cresceu 9,9% na passagem de 2009 para 2010, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No mesmo período, o PIB brasileiro registrou expansão menor, de 7,5%. Tanto no Sul quanto no Sudeste, o aumento no PIB foi de 7,6%, enquanto a Região Centro-Oeste cresceu 6,2%, e o Nordeste se expandiu 7,2%.

No Sudeste, destacaram-se Espírito Santo (13,8%), Minas Gerais (8,9%) e São Paulo (7,9%), puxado pela indústria de transformação. Já o Rio de Janeiro ficou bem abaixo da média nacional, com alta de 4,5%. No Sul, o Paraná teve alto crescimento, de 10,0%.

Na Região Norte, o destaque foi Tocantins, com crescimento de 14,2% ante 2009, a maior expansão entre as 27 unidades da federação. O Tocantins foi o Estado que mais cresceu entre 2002 e 2010: 74,2%. Houve destaque também para Rondônia e Acre, com expansão de 63,9% e 61,6%, respectivamente. Como resultado, no mesmo período, a Região Norte se destacou entre as demais, com alta de 53,2% no PIB.

Entre 2002 e 2010, o Brasil cresceu 37,1% em volume do PIB, uma média anual de 4,0%. O Nordeste teve expansão de 42,4%; Centro-Oeste aumentou 45,9%; Sudeste evoluiu 35,6%; e Sul teve alta de 29,5%. Em oito anos, os Estados que menos cresceram foram Rio Grande Sul (24,3%), Rio de Janeiro (25,6%) e Santa Catarina (30,1%).

Carregando...