Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.325,71
    +2,32 (+0,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Guedes pode reduzir imposto de empresas em 10%, diz colunista

·1 minuto de leitura

O ministro da Economia, Paulo Guedes, considera diminuir os impostos das empresas em até 10% - de 34% atuais para 24%. A proposta, que consta na Reforma Tributária do governo, seria feita através de mudanças do ministro no projeto. Segundo ele, novos cálculos da Receita Federal permitem que se cobre menos carga tributaria para as empresas. Apos o primeiro ano de sanção, o tributo já deve ser reduzido em 5%. As informações são do G1 - Blog da Ana Flor.

O governo bancará uma redução mais ampla, de 10%, se o Congresso aceitar fazer cortes em benefícios tributários na ordem de R$ 20 bilhões.

Leia também:

Anteriormente, a proposta era diminuir a alíquota do IRPJ (Imposto de Renda de Pessoas Jurídicas) de 25% para 20%, mantendo a taxa de 9% de CSLL (Contribuição Social sobre Lucro Líquido). Além disso, o governo também propôs tributar em 20% os lucros e dividendos -com uma isenção de até R$ 20 mil mensais para as micro e pequenas empresas.

Para pessoa física, uma das propostas da Reforma era isenção do IR para quem ganha até R$ 2,5 mil. O ministro deve manter a proposta. O aumento de 31% da faixa de isenção de pessoas físicas - antes de R$ 1.903,98 - pode fazer com que mais 5,6 milhões de brasileiros se tornem isentos do tributo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos