Refinarias de açúcar da UE pedem fim de cotas

A política europeia de importação de açúcar foi o principal tema do início do 21º Seminário Anual da Organização Internacional de Açúcar (OIA). No evento, a Associação Europeia de Refinarias de Açúcar pediu o fim das cotas de importação a partir de 2015, atual prazo em vigor das cotas.

A presidente da Associação Europeia de Refinarias de Açúcar, Laura Girol, fez uma forte defesa em prol de mudança na política europeia para importação da matéria-prima para produção de açúcar refinado. "Há um déficit anual de 4,5 milhões de toneladas de açúcar que poderíamos atender se houvesse possibilidade de importar mais", disse ao comentar que as refinarias só podem importar 2 milhões de toneladas por ano.

"É preciso ter acesso ao açúcar a um preço justo", afirmou, ao falar que a política europeia fez nos últimos anos com que o preço médio do produto subisse na Europa, enquanto caia na média mundial.

Carregando...