Refinaria de gás na Argélia volta a operar em dois dias

A refinaria de gás natural de Ain Amenas, na Argélia, ocupada por guerrilheiros islamitas na última quarta-feira e retomada por forças de segurança argelinas no sábado, deverá voltar a operar dentro de dois dias, disse o ministro da Energia do país, Youcef Yousfi. Pelo menos 81 pessoas morreram durante a ocupação e nas duas ações militares das tropas argelinas.

"Os trabalhadores começaram a voltar ao local e a refinaria de gás voltará a funcionar nos próximos dois dias. Nós vamos reforçar a segurança. Uma vez que os danos tenham sido avaliados, vamos substituir os equipamentos danificados. Também vamos checar a sala de controle e então decidir quando reiniciar o complexo", afirmou o ministro.

A refinaria é operada pela estatal argelina Sonatrach, pela britânica BP e pela norueguesa Statoil. Ela tem capacidade de produzir 9 bilhões de metros cúbicos de gás por ano, o que representa 12% da produção da Argélia. As informações são da Dow Jones.

Carregando...