Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.679,89
    +3.089,10 (+8,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Refinaria da Petrobras Rnest inicia 1ª parada para manutenção de 45 dias

·1 minuto de leitura
Sede da Petrobras no Rio de Janeiro

Por Marta Nogueira

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Refinaria Abreu e Lima (Rnest), da Petrobras, em Pernambuco, iniciou sua primeira parada programada para manutenção desde que a unidade começou a operar em 2014, com previsão de duração de 45 dias, informou a petroleira estatal em nota à imprensa nesta quinta-feira.

Abreu e Lima tem capacidade instalada para processar 130 mil barris por dia, o que corresponde a 5% da capacidade total de refino de petróleo do país, segundo dados da empresa.

Quase 70% da produção da Rnest atualmente é de diesel com baixo teor de enxofre. A unidade produz ainda nafta, óleo combustível, coque verde, gás de cozinha (GLP) e gasolina.

Segundo a Petrobras, um planejamento realizado por ela garante o cumprimento dos compromissos comerciais de todos os derivados.

A demanda doméstica por óleo diesel, conforme a empresa, será atendida com estoques planejados e disponíveis na refinaria e eventuais necessidades poderão ser supridas por meio de recebimento de cabotagens ou até mesmo importações.

"Os demais produtos como a gasolina, GLP e QAV (querosene de aviação) não serão impactados pela parada geral da refinaria", disse a Petrobras.

A manutenção, segundo a empresa, visa o atendimento de normas regulamentadoras e é essencial para a segurança operacional da refinaria.

"Envolverá a manutenção de praticamente todos os equipamentos da refinaria, tais como compressores, motores, vasos, permutadores de calor, válvulas, reatores e outros, que totalizam cerca de 3 mil equipamentos em todas as unidades do trem 1 da Rnest", disse a empresa.

A Petrobras reiterou ainda que serão realizados procedimentos de segurança e saúde que visam evitar o contágio de Covid-19.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos