Mercado abrirá em 4 h 58 min

Redmi: vazam imagens da próxima pulseira fitness da Xiaomi

Felipe Junqueira

A Xiaomi está pronta para lançar um smartwatch na Índia, ao mesmo tempo, em que as primeiras imagens de uma nova pulseira de monitoramento de exercícios foi encontrada nos códigos do aplicativo Mi Fit. O dispositivo encontrado foi chamado de Redmi Fitness Tracker, mas deve ganhar outro nome comercial.

Começando com ele, uma imagem também foi encontrada, que mostra uma espécie de Mi Band mais quadrada. A tela não é muito grande e possui bordas bem generosas, além de um pequeno botão capacitivo na parte inferior, em uma linha aparentemente branca. As informações disponíveis são de que ele terá tela personalizável, alarme, monitor de batimentos cardíacos, NFC e controle de reprodução de música.

Imagem de uma suposta pulseira inteligente da Redmi (Imagem via Weibo)

A imagem foi publicada pelo usuário Digital Chat Station na rede social chinesa Weibo. Pela imagem, podemos imaginar que seria uma espécie de Mi Band ainda mais barata. Dificilmente é a Mi Band 5, uma vez que esta trará tela ainda maior que as gerações anteriores, enquanto o dispositivo da imagem parece ter tela parecida com a da Mi Band 2.

Em novembro, o gerente geral da Redmi já havia informado que a marca planeja lançar um smartwatch no futuro. É bem provável que a companhia comece com uma pulseira inteligente para ter uma ideia da aceitação no mercado antes. Sem falar que uma opção mais barata para a smartband da Xiaomi possivelmente teria público.

Smartwatch na Índia

Documentação em órgão da Índia indica proximidade no lançamento de um smartwatch da Redmi (Imagem via Twitter)

A presença de informações de uma nova pulseira e o registro de um smartwatch da Redmi junto ao Bureau of Indian Standards (BIS), órgão regulador do país asiático, indicam que a marca está perto de oficializar um novo produto. O número de modelo registrado é HMSH01GE, e a certificação data de 22 de janeiro.

É verdade que a documentação fala em smartwatch, mas a diferenciação entre relógios e pulseiras inteligentes não é algo tão comum. Até mesmo algumas lojas, sem falar nas próprias fabricantes, têm o costume de classificar smartbands como smartwaches. Mas, claro, não podemos descartar que o produto certificado na Índia seja diferente que apareceu nos códigos do Mi Fit.

E aí, o que você acha? A Redmi tem espaço para lançar uma espécie de concorrente da Mi Band, ou vai acabar tirando mercado da própria empresa, no lugar de ampliar o número de usuários desse tipo de dispositivo?

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: