Mercado abrirá em 8 h 50 min
  • BOVESPA

    109.786,30
    +2.407,38 (+2,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.736,48
    +469,28 (+1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,58
    +0,67 (+1,49%)
     
  • OURO

    1.806,40
    +1,80 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    18.950,36
    -118,13 (-0,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    375,66
    +5,91 (+1,60%)
     
  • S&P500

    3.635,41
    +57,82 (+1,62%)
     
  • DOW JONES

    30.046,24
    +454,97 (+1,54%)
     
  • FTSE

    6.432,17
    +98,33 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    26.887,92
    +299,72 (+1,13%)
     
  • NIKKEI

    26.581,98
    +416,39 (+1,59%)
     
  • NASDAQ

    12.158,25
    +82,25 (+0,68%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4034
    +0,0065 (+0,10%)
     

Redmi Note chega à marca de 140 milhões de unidades vendidas

Rubens Eishima
·1 minuto de leitura

Queridinha da fabricante chinesa Xiaomi, a linha de celulares Redmi Note ultrapassou as 140 milhões de unidades vendidas. A notícia foi divulgada no perfil da marca na rede social Weibo, destacando o custo benefício da família ao longo dos últimos sete anos.

O número impressiona ainda mais ao lembrar que, oito meses atrás, a fabricante divulgava a venda de 110 milhões de celulares da linha. Se bem que o fato de os aparelhos serem figurinhas carimbadas em rankings de vendas ajuda a entender os números.

Redmi Note 9 mantém o sucesso da linha, com o 6º em vendas no 3º trimestre (Imagem: reprodução/Canalys)
Redmi Note 9 mantém o sucesso da linha, com o 6º em vendas no 3º trimestre (Imagem: reprodução/Canalys)

A última geração da família, o Redmi Note 9, deve ganhar (muito) mais integrantes nos próximos meses, com versões 5G do modelo básico e do Redmi Note 9 Pro. Os modelos com rede de última geração vão cobrir uma lacuna na linha, já que o modem 5G tem sido cada mais essencial para os aparelhos no mercado chinês.

A linha Redmi Note 9 foi anunciada em março deste ano, e já inclui quatro diferentes modelos. O sucessor deve chegar no início de 2021, mas ainda não tem previsão de lançamento. Enquanto isso, relembre os modelos atuais da atual geração:

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: