Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    48.884,08
    -5.998,73 (-10,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Redmi Note 11T pode ter chip Dimensity 810 e carregamento de 33W

·2 min de leitura

O Redmi Note 11T 5G fará a estreia no mercado indiano na próxima semana, dia 30 de novembro. No aquecimento para o lançamento, a filial indiana da Xiaomi revelou alguns detalhes sobre o novo dispositivo com pequenos teasers no Twitter.

Conforme as informações na rede social e no site da marca, o celular terá suporte para carregamento rápido de 33 W. Essa é uma importante atualização considerando que o antecessor Redmi Note 10T 5G oferecia recarga de 18 W.

Banner no site da Redmi Índia cita o carregamento de 33 W do Redmi Note 11T (Imagem: Divulgação/Redmi)
Banner no site da Redmi Índia cita o carregamento de 33 W do Redmi Note 11T (Imagem: Divulgação/Redmi)

Manu Kumar Jain, vice-presidente global da Xiaomi Índia, também deu dicas sobre o processador do Redmi Note 11T. O executivo afirmou que o dispositivo será o primeiro celular da marca com chipset de 6 nm no país.

Com fortes chances de ser uma versão rebatizada do Redmi Note 11 chinês, o dispositivo do mercado indiano deve usar o Dimensity 810. O chip intermediário de 6 nm da MediaTek também está presente no “rival” Realme 8s, criando uma disputa bem equilibrada.

Novo celular do mercado indiano pode ser uma versão renomeada do Redmi Note 11 chinês (Imagem: Divulgação/Redmi)
Novo celular do mercado indiano pode ser uma versão renomeada do Redmi Note 11 chinês (Imagem: Divulgação/Redmi)

Possíveis especificações do Redmi Note 11T

Rumores apontam que o Redmi Note 11T terá tela IPS LCD de 6,6 polegadas com taxa de atualização de 90 Hz. Ademais, o celular com o Dimensity 810 terá opções de até 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno.

Sem detalhes específicos, o modelo pode trazer câmera dupla traseira formada por sensores de 50 MP e 8 MP. Enquanto isso, a câmera frontal apresenta um sensor de 16 MP.

Entre outros possíveis detalhes, o Redmi Note 11T deve usar bateria de 5.000 mAh com suporte para carregamento rápido de 33 W. Bem como, o celular virá com a interface MIUI 12.5 baseada no Android 11 diretamente da caixa.

Com até três opções de configurações, a expectativa é que os aparelhos cheguem ao mercado indiano custando menos de 20 mil rúpias indianas. Na atual conversão direta, esse valor seria em torno de R$ 1.500.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos