Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.927,79
    +1.398,29 (+1,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.744,92
    -185,48 (-0,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,27
    +2,15 (+2,62%)
     
  • OURO

    1.817,30
    -4,10 (-0,23%)
     
  • BTC-USD

    43.090,48
    -229,59 (-0,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.037,76
    +12,03 (+1,17%)
     
  • S&P500

    4.662,85
    +3,82 (+0,08%)
     
  • DOW JONES

    35.911,81
    -201,79 (-0,56%)
     
  • FTSE

    7.542,95
    -20,90 (-0,28%)
     
  • HANG SENG

    24.383,32
    -46,45 (-0,19%)
     
  • NIKKEI

    28.124,28
    -364,82 (-1,28%)
     
  • NASDAQ

    15.616,75
    +126,50 (+0,82%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3174
    -0,0154 (-0,24%)
     

Redmi Note 11 4G tem memórias e preços na Europa vazados

·2 min de leitura

A Xiaomi anunciou o Redmi Note 11 4G no final de novembro do ano passado como sendo uma versão com poucas mudanças do Redmi 10 para a China. Agora, informações trazem seu suposto preço, opções de memória e de cor para a versão que chegará às lojas na Europa, e que consequentemente deve ser vendida em outros locais do mundo, como o Brasil.

O site MySmartPrice compartilhou essas informações, dizendo que o Redmi Note 11 4G deve chegar nas cores Star Blue (azul estrela), Graphite Gray (cinza grafite) e Twilight Blue (azul crepúsculo). Além disso, o site aponta que ele será oferecido com 4 GB ou 8 GB de memória RAM e ainda com 64 GB ou 128 GB de espaço para armazenamento interno.

Redmi Note 11 4G deve ter mesmo design do Redmi 10 global (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Redmi Note 11 4G deve ter mesmo design do Redmi 10 global (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Com isso, serão três combinações disponíveis para os usuários, sendo uma com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento, com preço de 250 euros (cerca de R$ 1.580) e outra com a mesma quantidade de RAM, mas 128 GB de armazenamento, custando 290 euros (aproximadamente de R$ 1.840). Por fim, a última deve ter 8 GB de RAM, com os mesmos 128 GB, pelo preço de 330 euros, que se convertem em R$ 2.090.

Versão global deve ter chipset diferente

Quanto às especificações técnicas, ele deve ser parecido com o modelo chinês, com exceção do processador, que deixa de ser um MediaTek Helio G88, para se tornar um Qualcomm Snapdragon 680. Isso deve agradar também mercados onde o Redmi 10 foi lançado, como o Brasil, já que assim o Redmi Note 11 4G terá algum diferencial em relação ao modelo já vendido.

De resto, tudo deve permanecer igual, como a tela de 6,5 polegadas com tecnologia IPS LCD, resolução Full HD+ e suporte a taxa de atualização de 90 Hz. Ele deve executar o sistema operacional Android 11 e a interface MIUI 12.5.

Devem ser três câmeras traseiras, sendo uma principal de 50 MP, uma ultrawide de 8 MP e uma macro de 2 MP, enquanto para selfies a empresa deve adicionar uma câmera frontal de 8 MP. A sua bateria deve ser de 5.000 mAh com suporte a carregamento de 18 watts.

Infelizmente, ainda não existe uma data especificada para a apresentação do Redmi Note 11 na Europa. Por isso, fique de olho aqui no Canaltech para não perder nenhum detalhe.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos