Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    47.534,46
    +432,46 (+0,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7577
    +0,0188 (+0,28%)
     

Redmi Note 10 chega em março com "salto quântico em inovação", garante Xiaomi

Felipe Junqueira
·2 minuto de leitura

A Xiaomi não vai demorar muito mais para anunciar a série Redmi Note 10. O vice-presidente global da marca começou a divulgar informações sobre os novos celulares e já avisou que eles serão apresentados no início de março, na Índia, praticamente um ano depois da geração anterior.

Manu Kumar Jain, que também é diretor da Xiaomi Índia, divulgou em sua conta no Twitter que a série Redmi Note 10 “é de outro planeta e chega em março deste ano”. A publicação começa com a frase “uma nova década, um novo salto quântico em inovação”, além de trazer um teaser da nova geração, com uma câmera no lugar do ‘o’ de Note.

Há alguns dias, o próprio Jain anunciou uma espécie de concurso para que os fãs da marca enviem vídeos e concorram a 10 "grandes prêmios". O mais relevante, porém, é a promessa feita por ele sobre “o celular mais suave da Redmi", uma boa dica para uma das características do aparelho: tela com alta taxa de atualização, possivelmente 120 Hz.

O que esperar do Redmi Note 10

Pouco se sabe sobre o Redmi Note 10, e a maior parte das especificações supostamente conhecidas são de fontes não oficiais. É possível que o aparelho venha com tela com taxa de atualização de 120 Hz ao menos no modelo Pro, que ainda deve ser equipado com o processador Snapdragon 732G, da Qualcomm. A bateria pode chegar a 5.050 mAh, um pequeno aumento dos 5.020 mAh do antecessor.

O informante Ishan Agarwal divulgou no final de janeiro que o modelo Pro pode ter três opções de cores (bronze, azul e cinza) e três versões (6/64 GB, 6/128 GB e 8/128 GB). Já o Redmi Note 10 pode chegar à Índia nas cores branco, verde e cinza, com opções de 4/64 GB e 6/64 GB.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: