Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.799,70
    +10,00 (+0,56%)
     
  • BTC-USD

    24.592,53
    -141,64 (-0,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Redmi K50 Ultra deverá ser lançado em agosto com Snapdragon 8+ Gen 1

Depois de ter apresentado o Redmi K50i no mercado indiano como uma versão renomeada do Redmi Note 11T Pro, a Xiaomi deverá ampliar a linha em breve com o Redmi K50 Ultra. Algumas especificações do modelo já foram citadas em rumores prévios, e o próprio gerente da Redmi Lu Weibing já entregou algumas informações sobre o novo celular top de linha.

Redmi K50 Ultra poderá ter carregamento de 120 W e bateria de 5.000 mAh (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Redmi K50 Ultra poderá ter carregamento de 120 W e bateria de 5.000 mAh (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

De acordo com o executivo, o smartphone será a “obra prima da linha K50”, com processador Snapdragon 8 Plus Gen 1 e lançamento previsto para o mês de agosto. O período para apresentação do dispositivo também tinha sido citado pelo conhecido leaker Digital Chat Station.

O aparelho já foi identificado em certificações no órgão regulamentador chinês 3C. Por lá, ele apareceu com o número de modelo 22081212C e suporte para recargas de até 120 W por meio da porta USB-C.

Essa velocidade de recarga é a maior oferecida atualmente em dispositivos da Xiaomi, estando presente tanto em modelos top de linha quanto em intermediários premium. O Redmi K50 Ultra também poderá ter uma versão com recarga de 100 W, mas neste caso a bateria seria de 5.000 mAh — outros modelos da marca com tal capacidade normalmente ficam limitados a 67 W.

É comum que marcas disponibilizem diferentes versões com carregamento mais rápido e tanques um pouco menores, pois costuma-se adotar um padrão de duas células para que as maiores velocidades sejam atingidas. Entretanto, o próprio Xiaomi 11T Pro já vem com bateria de 5.000 mAh e recarga de 120 W, mostrando que as tecnologias da empresa continuam evoluindo.

Aparelho já foi identificado em certificações (Imagem: ITHome)
Aparelho já foi identificado em certificações (Imagem: ITHome)

No mais, outras informações apontam que o Redmi K50 Ultra poderá ter uma câmera principal de 50 MP, enquanto a tela viria com 6,7 polegadas e suporte para altas taxas de atualização — provavelmente na casa de 120 ou 144 Hz. Suas opções de configuração podem chegar a 12 GB de RAM e 512 GB de armazenamento interno, mas outras variantes também devem ser vendidas.

Como ainda faltam alguns dias para o lançamento do Redmi K50 Ultra, mais informações sobre o modelo podem ser vazadas. Também é possível que o dispositivo seja comercializado em diferentes mercados com o nome Xiaomi 12T Pro, mas com especificações técnicas bastante semelhantes.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos