Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.183,95
    -355,84 (-0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.377,47
    +695,28 (+1,52%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,32
    +0,04 (+0,07%)
     
  • OURO

    1.710,90
    -4,90 (-0,29%)
     
  • BTC-USD

    50.925,28
    +2.618,05 (+5,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.018,46
    +30,37 (+3,07%)
     
  • S&P500

    3.819,72
    -50,57 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    31.270,09
    -121,43 (-0,39%)
     
  • FTSE

    6.675,47
    +61,72 (+0,93%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.223,82
    -335,28 (-1,13%)
     
  • NASDAQ

    12.623,25
    -58,50 (-0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7725
    -0,0062 (-0,09%)
     

Redmi K40 surge em foto real e confirma câmera poderosa de 108 MP

Igor Almenara
·2 minuto de leitura

Como previsto, o Redmi K40 está com vazamentos constantes nessas semanas que antecedem o seu lançamento. O topo de linha da subsidiária da Xiaomi apareceu em fotos reais e confirmou o visual especulado anteriormente, agora com maiores detalhes sobre as câmeras.

Fotos compartilhadas no Weibo confirmam o visual do Redmi K40 apresentado pelo órgão regulador chinês TENAA. Facilmente, o design do topo de linha da Redmi remete ao Xiaomi Mi 11, que dá grande destaque para o módulo de câmeras anexado a uma seção metálica, mas se diferencia em pontos discretos, como curvatura da parte traseira e posição do flash LED.

(Imagem: Reprodução/MyDrivers)
(Imagem: Reprodução/MyDrivers)

A captura, por sua vez, revela a descrição do sensor principal contido no módulo de câmera e confirma a presença do sensor de 108 MP de resolução. Os demais sensores — que são no mínimo três — ainda não tiveram especificações reveladas. Curiosamente, a fotografia indica que a traseira pode ser construída em plástico, assim como é a edição com traseira texturizada do Mi 11.

Tudo indica que o Redmi K40 e o provável K40 Pro competirão no mercado de topos de linha, com destaque a poderosos sensores de câmera, construção e performance. O conjunto será equipado com o processador Snapdragon 888 e 12 GB de RAM, somados a uma bateria de 4.000 mAh.

O display "mais caro dos Redmi"

A linha ainda não tem informações concretas sobre o display, mas o executivo da companhia Lu Weibing antecipou que seria “a tela mais caras entre os Redmi”. Nada impede, portanto, de ser uma tela AMOLED Quad HD+ com 120 Hz de taxa de atualização — e habilitada para recursos como HDR10+ e aprimoramento de responsividade. Naturalmente, a configuração deixaria o aparelho extremamente caro, mas o colocaria numa disputa acirrada os novos Galaxy S21 e S21 Ultra.

Indo na contramão dessa teoria, Weibing confirmou por meio do Weibo que o Redmi K40 seria vendido a partir de 2.999 iuanes na estreia (R$ 2,5 mil em conversão direta). O valor é significativamente menor que o praticado no Mi 11, que saiu por 3.999 iuanes (R$ 3,3 mil) no lançamento e tem especificações extremamente parecidas.

Na última terça-feira (09), a companhia anunciou o lançamento do Redmi K40 e K40 Pro para 25 de fevereiro. A dupla deve ser exclusiva do mercado chinês por alguns meses, para só então aparecer no mercado internacional na versão global. Não há previsão para o lançamento do topo de linha no Brasil.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: