Mercado fechado

Redmi 9 Power faz jus ao nome e é anunciado com a maior bateria da marca

Rubens Eishima
·4 minuto de leitura

A Xiaomi anunciou na Índia o lançamento do celular Redmi 9 Power, justificando o sufixo por se tratar do Redmi com a maior capacidade de bateria já lançado. A distinção da marca é importante, pois o modelo tem praticamente as mesmas especificações de outro(s) smartphone(s) da fabricante chinesa.

As informações de dimensões, peso, processador, configurações de memória, tela, resolução, bateria são as mesmas entre os dois modelos. As diferenças entre eles podem ser encontradas na traseira, com um visual mais tradicional para o Redmi 9 Power, além de um sensor fotográfico a mais.

Enquanto o Poco M3 conta com uma câmera tripla — sensor principal de 48 megapixels e dois sensores de 2 MP: macro e profundidade —, o Redmi 9 Power traz ainda com uma lente grande angular sobre um sensor de 8 megapixels.

Conjunto fotográfico quádruplo é um dos destaques do Redmi 9 Power (Imagem: divulgação/Xiaomi)
Conjunto fotográfico quádruplo é um dos destaques do Redmi 9 Power (Imagem: divulgação/Xiaomi)

Metralhadora de nomes

A distinção revela que o Redmi 9 Power compartilha parentesco também com o Redmi Note 9 4G chinês, lançado no mês passado. Isso explica ainda o motivo do Note 9 4G ter um curioso ponto com a inscrição “AI” orientada em posição diferente do resto dos textos no módulo de câmera, justamente onde é instalado o sensor adicional no Power.

Detalhes à parte, o novo Xiaomi traz um bom equilíbrio de especificações, mesmo deixando de fora as opções com 6 e 8 GB de RAM oferecidas na versão chinesa. O Redmi 9 Power conta com processador Snapdragon 662 de oito núcleos, abastecido com 4 GB de memória RAM.

O celular é oferecido em duas opções de armazenamento, com 64 ou 128 GB. Neste ponto a Xiaomi destaca o uso do padrão UFS 2.2, cerca de nove vezes mais rápido para leitura e quatro vezes para gravação de arquivos em relação ao eMMC geralmente utilizado. O resultado é uma abertura mais rápida de aplicativos e jogos, com melhorias também para a gravação de fotos e vídeos.

Bateria de 6.000 mAh tem a mesma capacidade do Redmi Note 9 4G chinês e do Poco M3 (Imagem: divulgação/Xiaomi)
Bateria de 6.000 mAh tem a mesma capacidade do Redmi Note 9 4G chinês e do Poco M3 (Imagem: divulgação/Xiaomi)

Bateria reforçada

O destaque do Redmi 9 Power é sem dúvidas a capacidade de bateria, com 6.000 mAh. A Xiaomi divulga uma autonomia de uso em modo espera de até 695 horas, ou ainda até 13 horas e meia para sessões de jogos ou 10 horas para gravação de vídeo.

A fabricante anuncia que o componente suporta até 1.000 ciclos de recarga, com a estimativa de vida útil para até três anos. A bateria pode ser recarregada a uma potência de 18 W, e o celular acompanha um carregador de 22,5 W. Além disso, o Redmi 9 Power pode ser usado para alimentar outros dispositivos, usando o recurso de recarga reversa.

Frente familiar

A construção da parte frontal é idêntica à do Poco M3 (e do Redmi Note 9 4G chinês), com a tela FullHD+ de 6,53 polegadas cercada por bordas finas. O componente é protegido pelo material Gorilla Glass 3 e é interrompido apenas pelo recorte em V para a câmera de selfie.

Assim como seus gêmeos, o Redmi 9 Power traz alto-falantes estéreo, que segundo a Xiaomi é autolimpante. O cuidado com sujeira e partículas prejudiciais é completado por um revestimento à prova de respingos e proteção contra corrosão nos conectores.

Falando em conectores, além da porta USB-C para recarga e transferência de dados, o Redmi 9 Power conta com entrada para fones de ouvido, além de comunicação por infravermelho. A lateral do celular inclui ainda com um leitor de digitais para autenticação do usuário.

Disponibilidade e preço

O Redmi 9 Power chega às lojas indianas no dia 23 de dezembro, em duas configurações de armazenamento.

Redmi 9 Power: ficha técnica

  • Tela: 6,53 polegadas LCD IPS, resolução 1.080 x 2.340 pixels (FullHD+);

  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 662;

  • Memória RAM: 4 GB LPDDR4x;

  • Armazenamento interno: 64 ou 128 GB UFS 2.2;

  • Câmera traseira: quádrupla — 48, 8, 2 e 2 megapixels (principal, grande-angular, macro e profundidade);

  • Câmera frontal: 8 megapixels;

  • Dimensões: 162,3 x 77,3 x 9,6 mm;

  • Peso: 198 gramas;

  • Bateria: 6.000 mAh, recarga com fio a 18 W (adaptador de 22,5 W incluído), recarga reversa a 2,5 W;

  • Extras: leitor de digitais na lateral, alto-falantes estéreo, comunicação por infravermelho, entrada para fones de ouvido;

  • Cores disponíveis: azul, preto, verde e vermelho;

  • Sistema operacional: Android 10, com personalização MIUI 12.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: