Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,31 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -908,97 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,29
    -0,61 (-0,70%)
     
  • OURO

    1.836,10
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    35.295,80
    -1.308,27 (-3,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    870,86
    +628,18 (+258,85%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,02 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,20 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.411,00
    -430,00 (-2,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1900
    +0,0599 (+0,98%)
     

Redmi 10 (2022) e 10 Prime (2022) serão modelos reciclados da linha Note 11

·1 min de leitura

A Xiaomi apresentou em agosto o Redmi 10 no mercado global. Em novembro lançou o mesmo modelo na China como Redmi Note 11 4G com uma câmera a menos. Rumores agora apontam que tal modelo pode chegar à Índia como Redmi 10 (2022) ao lado do Redmi 10 Prime (2022).

(Imagem: Reprodução/Kacper Skrzypek)
(Imagem: Reprodução/Kacper Skrzypek)

Uma lista compartilhada pelo holandês Kacper Skrzypek no Twitter exibe quatro modelos da família: o Redmi 10, Redmi 10 (2022), Redmi 10 Prime e Redmi 10 Prime (2022).

Enquanto o Redmi 10 já foi lançado no mercado global (sendo o Redmi Note 11 4G na China) e o Redmi 10 Prime já foi lançado na Índia, a Xiaomi ainda trabalha no Redmi 10 (2022) e no Redmi 10 Prime (2022) também para o mercado indiano.

Redmi Note 11 4G chinês pode ser o Redmi 10 (2022) indiano (Imagem: Reprodução/Xiaomi)
Redmi Note 11 4G chinês pode ser o Redmi 10 (2022) indiano (Imagem: Reprodução/Xiaomi)

Como dito acima, é esperado que o Redmi 10 (2022) seja nada menos que um Redmi 10 global ou Redmi Note 11 4G chinês, mantendo design e especificações dos aparelhos e podendo sofrer mínimas alterações.

O aparelho teve informações de câmeras divulgadas incluindo sensores de 50 MP, de 8 MP e de 2 MP, mesma configuração do Redmi Note 11 4G.

Já o Redmi 10 Prime (2022), por sua vez, não teve detalhes divulgados, mas a julgar pelo passado (e presente) da marca é provável que o dispositivo não passe de uma versão renomeada de outro celular já existente.

Não sabemos se tais modelos indianos ainda podem ganhar suas próprias versões globais sob a marca Poco, algo que não seria impossível, mas novidades e detalhes de todos os aparelhos ainda devem surgir nos próximos dias, incluindo previsão de lançamento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos