Mercado abrirá em 4 h 20 min
  • BOVESPA

    122.937,87
    +1.057,05 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.371,98
    +152,72 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,78
    +0,51 (+0,77%)
     
  • OURO

    1.869,40
    +1,80 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    45.270,49
    +4,49 (+0,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.256,94
    +59,02 (+4,93%)
     
  • S&P500

    4.163,29
    -10,56 (-0,25%)
     
  • DOW JONES

    34.327,79
    -54,34 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.064,19
    +31,34 (+0,45%)
     
  • HANG SENG

    28.593,81
    +399,72 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.401,25
    +97,75 (+0,73%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4277
    +0,0178 (+0,28%)
     

Rede de cinema tradicional dos EUA com 300 salas fecha definitivamente

JOANA CUNHA
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os cinemas da rede ArcLight Cinema and Pacific Theatre nos Estados Unidos não resistiram à crise da pandemia. Nesta semana, decidiram encerrar definitivamente uma operação com 300 salas de exibição. “Esse não era o resultado que ninguém queria, mas apesar de um grande esforço que esgotou todas as opções possíveis, a empresa não tem um caminho viável a seguir”, disse a companhia em comunicado. Entre os cinemas da rede, o mais emblemático era o Cinerama Dome, em Los Angeles. De 1963, o estabelecimento apareceu em várias produções, como o filme mais recente de Quentin Tarantino, "Era uma vez em Hollywood", lançado em 2019.