Mercado abrirá em 4 h 33 min
  • BOVESPA

    125.675,33
    -610,27 (-0,48%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.634,60
    +290,49 (+0,57%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,47
    -0,15 (-0,20%)
     
  • OURO

    1.832,50
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    39.727,85
    -131,58 (-0,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    944,90
    +14,54 (+1,56%)
     
  • S&P500

    4.419,15
    +18,51 (+0,42%)
     
  • DOW JONES

    35.084,53
    +153,60 (+0,44%)
     
  • FTSE

    7.026,93
    -51,49 (-0,73%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.861,25
    -176,50 (-1,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0237
    -0,0168 (-0,28%)
     

Rede brasileira de fast food de waffles quer concorrer com BK e McDonald's

·1 minuto de leitura
Com, 430 gramas, o Big Belga é o destaque do cardápio, com dois waffles, sorvete e chocolate (Reprodução/Facebook)
Com, 430 gramas, o Big Belga é o destaque do cardápio, com dois waffles, sorvete e chocolate (Reprodução/Facebook)
  • The Waffle King é uma rede de fast food brasileira com foco em waffle

  • Dono considera empresa uma concorrente de McDonald's e Burger King

  • Rede tem nove lojas abertas e 45 em implantação

Tradicionais nos Estados Unidos, agora os waffles são protagonistas de uma rede de fast food brasileira aberta no ano passado, a The Waffle King. Anderson Suriz, criador da empresa, considera a rede uma concorrente do Burger King e McDonald’s e manda um recado para o consumidor: "esqueça waffles borrachudos e murchos". As informações são do CNN Business.

Leia também:

Para combinar com as opções salgadas e doces do waffle estão disponíveis 15 complementos. O Big Belga é o que ganha maior destaque, com duas massas, sorvete e chocolate. No total, o item do cardápio pesa 430 gramas.

Além do waffle, é possível comprar sorvetes, pizza, chocolates feitos pela empresa e milkshakes. 

Nove lojas abertas

Depois de um investimento de R$ 5 milhões na marca, são nove lojas funcionando no Ceará, Paraná, São Paulo e Rio Grande do Sul. Oito delas são franquias e uma é própria. Até o fim de 2021, a previsão é vender 100 operações, além das 45 que já estão sendo implantadas. 

Para se tornar um franqueado é preciso desembolsar entre R$ 158 mil e R$ 350 inicialmente. O faturamento é de cerca de R$ 50 mil mensais e o retorno vem em um período de 18 a 24 meses. 

A ideia é se tornar a maior rede de waffles do mundo em 10 anos e estar presente nos próximos anos nos Estados Unidos e na Europa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos